MAC-PR reabre ao público seguindo orientações de segurança após sete meses de portas fechadas

Com cautela e a adoção plena de todos os protocolos de higiene e segurança determinados pela Secretaria de Estado da Saúde, o Museu de Arte Contemporânea do Paraná reabre suas portas ao público nesta sexta-feira (16), em funcionamento temporário nas salas 08 e 09 do Museu Oscar Niemeyer. A reabertura acontece sete meses depois da determinação do Governo do Paraná para o fechamento dos espaços, devido às exigências de distanciamento social com o objetivo de conter a propagação da Covid-19.  

Os demais museus estaduais ainda não têm previsão de data para retomarem funcionamento físico, considerando que as condições estruturais não permitem, até o presente momento, uma reabertura segura tanto para o público quanto para o corpo técnico. 

Entre as diversas medidas adotadas está o limite de pessoas para visitação nas salas expositivas e em todo o museu, para garantir o distanciamento seguro. Será permitida a entrada de apenas 200 pessoas por hora, com circulação interna guiada por sinalizações para organizar o fluxo de visitação.

Os ingressos continuam sendo vendidos na bilheteria física do museu, porém a compra será organizada em filas com distanciamento de 2 metros entre cada pessoa. As vendas de ingresso funcionam também online, por meio do site do MON, e a recomendação geral é que o público dê preferência à compra de ingressos virtual, se possível. Todo o material impresso, como guias e folders, foi substituído por versões digitais que estão disponíveis para acesso do público através de QR codes.

 Exposições em cartaz

O MAC-PR reabre com a continuidade da exposição “Pequenos Gestos – Memórias Disruptivas”, montada na sala 08 do MON. A mostra, sob curadoria de Fabrícia Jordão, apresenta obras de 20 artistas brasileiros. Resultado de pesquisas realizadas no acervo do MAC, constituído por mais de 1.800, a exposição se estrutura em núcleos temáticos que enfocam três tipos recorrentes de gestos: alegórico, contranarrativo e ecopolítico.   

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios