Teatro

A Revolta dos Beagles ganha o palco

Uma comédia que usa o humor para criticar o poder, os políticos e autoritarismo. Assim é o espetáculo “A Revolta dos Beagles”, que fará sua estreia no dia 12 de abril, no Espaço Fantástico das Artes. A produção do grupo Atoss Teatral, de Curitiba, reúne referências do Teatro do Absurdo, da literatura e do caótico sistema político brasileiro para compor uma divertida ode à liberdade. Fica em cartaz até 12 de maio.

A montagem tem direção e texto de Arnon Nogueira. No elenco estão os atores Francine Neves, Andressa Medeiros e Rodrigo Caddah. A companhia já assinou espetáculos de impacto no cenário curitibano, como “A Morte Veste Jeans” (2016)

Para criar esta demolidora e divertida sátira, Arnon Nogueira buscou inspiração no clássico livro 1984, de George Orwell, e no episódio conhecido como a Revolta dos Beagles, em 2013, quando cães utilizados como cobaias foram libertados por ativistas no interior de São Paulo. O confuso panorama político brasileiro é outra fonte de inspiração, oferecendo elementos para transformar uma realidade surreal em comédia.

A delirante trama mistura estes elementos. Após uma revolta que leva os cães da raça Beagle a tomarem o poder na fictícia cidade de Beagletiba, subjugando os humanos, uma opressora ditadura controla a vida de todos. Os personagens retratam as pessoas que antigamente desfrutavam dos mais altos cargos e que, agora, destronados de suas posições, conspiram contra os opressores caninos. Os ideais da “revolução” e do bem comum, entretanto, são relegados a um segundo plano, em prol dos interesses pessoais destes revolucionários.

É neste cenário que ficção e realidade se misturam, garantindo risos e reflexões bem atuais, como conta o diretor. “Comecei a trabalhar neste texto em 2015.Inicialmente eu queria abordar o relacionamento entre humanos e animais, a partir daquele famoso caso que ficou conhecido como ‘A Revolta dos Beagles’”, diz Arnon, citando o fato ocorrido em 2013, quando ativistas invadiram o Instituto Royal, na cidade de São Roque (SP). Na ocasião, eles libertaram dezenas de cães que eram utilizados como cobaias em testes de cosméticos e farmacêuticos.

Mas o texto original sofreu mudanças ao longo das movimentações políticas dos últimos anos. “Depois das eleições e desta loucura que foi o processo eleitoral de 2018, o espetáculo virou algo mais figurativo em relação aos beagles para expor o absurdo que é a política brasileira”, complementa o diretor.

“Nosso panorama político é uma comédia, desde sempre”, opina Nogueira. “Quando começamos a pensar e refletir sobre tudo que aconteceu no país, e como foi a relação popular com todos os fatos da história política, é muito cômico. Isto para não dizer tragicômico”, completa. “Procuramos questionar de forma divertida tudo isso, de forma independente e não partidária. O espetáculo é uma ode à liberdade e um grito contra as ditaduras, todas elas, de todos os nuances ideológicos”.

Lembrando que a bilheteria abre uma hora antes do inicio do espetáculo.O Espaço Fantástico das Artes, conta com o bistrô com comidas e bebidas .

Serviço:
Espaço Fantástico das Artes (Alameda Princesa Izabel, 465 – São Francisco)
Primeira parte da temporada: de 12 e 21 de abril. Sextas às 22 horas; sábados duas sessões, às 19h e 21h; domingos às 19 horas.
Segunda parte da temporada: de 3 a 12 de maio. Sextas às 22h; sábados duas sessões, às 19h e 21h; domingos 19h.
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Quem doar um litro de leite ou um quilo de alimento também tem direito ao benefício da meia-entrada.

Posts relacionados
Teatro

Espetáculo sobre Chiquinha Gonzaga abre a 53ª. Mostra Multiartes Cena Hum

Teatro

Curitiba recebe apresentações gratuitas do premiado espetáculo “VIK”, do teatro ilusionista de Maicon Clenk

Teatro

Espetáculo teatral Admirável Futuro Novo, faz temporada gratuita em Curitiba

Teatro

Musical gratuito “Quem Prospera Sempre Alcança” chega em Curitiba unindo humor e educação financeira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.