MISTURA FINA – o Autismo e a música. Uma conversa com Amanda Cortes – uma das vozes do samba de Curitiba

“Minha missão é emocionar as pessoas através do meu cantar, que eu consiga sempre chegar no coração das pessoas, que elas possam reviver momentos, celebrar, se divertir, e que eu seja sempre esse instrumento”. AMANDA CORTES

Por Giseli Canto

Ela é paranaense de Londrina, com trinta e sete anos e dezoito de carreira, ela canta, toca violão, piano, compõe e contagia seu público com sua energia. Amanda começou a cantar desde da infância, filha de músicos (José Cortes  e Loide Zemuner), vive da música como cantora e como técnica vocal.

Amanda conta que ingressou na Faculdade de Artes do Paraná em 2005, no curso de musicoterapia – onde começou sua história no samba, com o grupo Samba de Saia – mas, não conseguiu aliar os estudos e a educação de sua filha Yasmim.

É aqui que começa uma história de muito trabalho, dedicação e pesquisa. Amanda fala de suas dúvidas e incertezas quando Yasmim, sua filha, chegou e com ela veio o Autismo. Sem saber muito como lidar com o fato, procurou conhecer tudo sobre esse novo em sua vida.

Yasmim foi diagnosticada com Autismo severo. Pra você que desconhece, não é uma doença. É Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), que “reúne desordens do desenvolvimento neurológico presentes desde o nascimento ou começo da infância. As crianças com autismo severo costumam se isolar e têm muita dificuldade de flexibilidade mental, gostam de ficar sozinhas e detestam interferências. Geralmente, têm um atraso cognitivo e alto nível de comprometimento em deficiência intelectual.”

Amanda descobriu uma fonte de inspiração para compor – sua filha! Yasmim sempre gostou muito de música, sempre ouviu desde que nasceu. A forte ligação entre mãe e filha se dava pela música. A dor, o desespero, a frustração e o não saber o que fazer com as crises do Autismo foram a nascente de suas criações. Criou “A força de um amor”, “A branca flor” e “Sentir”. Essas foram gravadas.

Em meio a tudo isso, a cantora fazia apresentações em bares, restaurantes, clubes e em projetos. Precisava trabalhar, mesmo com a tarefa de dar atenção a Yasmim, que requisitava sua presença pra tudo. Ela revela que é a fonte organizadora da filha e, a conexão com a música, é uma ferramenta de calmaria nas crises.

Mesmo passando por momentos de muito stress e dificuldades por causa dessa dependência, tinha que trabalhar e se colocar na cena musical da cidade. Sabia que precisava da credibilidade, da visibilidade. Então aceitava os trabalhos, de onde, também, vinham o seu sustento. Nunca teve nenhum outro tipo de trabalho; apostou nessa luta e foi caminhando nessa estrada.

Assim, em 2015 iniciou dando aulas de canto na Escola de Música Pulsare. Amanda trabalha bem com alunos iniciantes, fez disso sua especialidade como professora e até hoje, também como Voice Coach.

Dentre tantos trabalhos e projetos de Amanda Cortes, destaco aqui o BRAZUCADA. Um projeto, como ela mesma diz – vai muito além de ser um espetáculo cheio de magia, tecnologia e música! Estamos mantendo acesa a chama da nossa cultura, a nossa Pátria! O Brasil! BRAZUKADA é isso – é música, é cultura, é arte, é vida!


A música nos leva a muitos lugares e por vezes dá sentido a uma visão de mundo mais divertida e fantasiosa.

Você poderá discordar, perguntar, não entender direito, mas precisa gostar de estar aqui comigo! Do contrário, não vale a pena!

Espero você! Até a próxima!

Fonte: https://autismoerealidade.org.br/o-que-e-  o-autismo/

Serviço:

Site: https://aman
dacortes.wixsite.com/solucoesemmusica

Facebook: www.facebook.com/amanda.cortes.7
Instagran @amandacortesoficial_?
Instagran: http://Amanda Cortes – Oficial

Sobre BRAZUCADA
Gravado em novembro de 2020 no Estúdio Elephant em Curitiba.
Músicos:
Projeto: Renato Martins
Renato Martins (Bateria e produção musical)
Daniel Sehnem (Baixo)
Roger Torres (Guitarra)
Adriano Pontes (Violão)
Juliano Floriani (Violão)
Caio Murilo (Cavaco)
Thatá Costa (Percussão)
Ismael Veiga (Sax)
Leonardo Henrique (Trumpet)
Jader Corrêa (Trombone)
Amanda Cortes (Voz)
Leandro Morais (Voz)
Danilo Dyba (Voz)
Marcos Almeida (Teclados)
Thiago Machosky (Captação de audio Elephant Estudio)
Alexandre Vieira (Captação de vídeo)
Luiz Cilho (Edição de vídeo)
Juliano Floriani (Mix e Master)

Tags

Giseli Canto

Giseli Canto é Arte-educadora, cantora, roteirista, produtora, apaixonada pela música, pela família e pelos amigos, que considera sua segunda família e tudo que se refere ao poder transformador dessa arte. Ama uma boa conversa e está sempre aberta a novos caminhos. Seu olhar otimista para o ser humano faz de sua vida um mundo recheado de boas relações e experiências.

Artigos relacionados

4 pensamentos “MISTURA FINA – o Autismo e a música. Uma conversa com Amanda Cortes – uma das vozes do samba de Curitiba”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fechar
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios