Musical “Janaína, Não Seja Boba” tem promoção divertida

Na última semana de temporada, mulheres com nome Janaína têm entrada franca e todos pagam meia na quarta e na quinta

O musical “Janaína, não seja boba”, do diretor italiano Roberto Innocente, com música do maestro Alessandro Sangiorgi, entra em sua última semana de temporada a partir desta quarta (27). Em cartaz desde o dia 6 de fevereiro, a montagem segue com apresentações até este domingo, dia 3 de março. Para as últimas sessões, a produção do espetáculo preparou uma promoção especial. Na quarta e na quinta, todos pagam meia. E durante toda a semana, mulheres com o mesmo nome da protagonista Janaína não pagam entrada.

O musical “Janaína, Não Seja Boba” é uma opereta que carrega consigo o prêmio do Concurso de Dramaturgia do TCP e o incentivo do PROFICE. O diretor, e também dramaturgo, explica que, para além da ópera, a opereta é um gênero pouquíssimo difundido no Brasil e, quanto mais, no Paraná. “Nunca Curitiba investiu em uma montagem no estilo. Não é musical e não é ópera lírica. A opereta tem o diferencial de ter a música clássica como norte, mas mergulhar no popular em paralelo. Tanto quem aprecia óperas, quanto quem se identifica com a MPB ou o samba, por exemplo, encontrará referências em ‘Janaína, Não Seja Boba’. No mais, é uma comédia, o que garante muita diversão ao público”, reforça Roberto Innocente.

Para o maestro Alessandro Sangiorgi, que já dirigiu musicalmente variadas óperas, o grande diferencial deste projeto foi a composição original. Todas as 27 músicas de “Janaína, Não Seja Boba” são de sua autoria. A inspiração veio de obras famosas na Ópera e de clássicos da música popular,  brasileira e italiana. “Há alusões a temas e partes de óperas conhecidas que se misturam a referências do texto. O público vai identificar homenagens a compositores que vão desde Puccini (com referência a La Boheme, por exemplo), Bizet (com Carmen), Rossini (com O Barbeiro de Sevilha) até Camargo Guarnieri, Carlos Gomes e Noel Rosa, entre outros”, explica o maestro.

O texto é uma “ópera na ópera” que se passa no Rio de Janeiro, em Angra dos Reis. O protagonista, Maestro Martins, faz anos tenta encenar a sua ópera prima; “Janaina não seja boba”. A sobrinha do Prefeito, Janaina, é apaixonada por Chico, mas o tio não quer que o namoro continue e tem a intenção de mandar Chico embora. Chegam à cidade Francisco e Miranda, cantora do varieté em fuga do Rio para casar contra a vontade do Beto, pai do Francisco. Ele, por sua vez, não quer o filho envolvido com uma artista considerada por ele pessoa indigna. Em meio aos desencontros amorosos, o Malandro da cidade, Thiaguinho, ao mesmo tempo que usa de suas estratégias para fazer uma grande confusão, lança mão de seu jogo de cintura para conduzir a trama a um final feliz – como nas tradicionais comédias. A ópera do Maestro Martins segue a mesma trama do espetáculo e, assim, os dois enredos se misturam e se confundem.

SERVIÇO

Opereta Musical “Janaína, Não Seja Boba”

Data: de 6 de fevereiro a 3 de março

Horários: De quarta a sábado, às 21hs. Domingos, às 19hs.

Valor: R$ 20,00 (inteira) R$ 10,00 (meia-entrada conforme a Lei e para estudantes e professores de escolas públicas, particulares e escolas de teatro, música e arte).

Promoção: Nesta quarta (27/02) e quinta (28/02), todos pagam meia entrada.

Em todos os dias desta última semana de temporada (de 27/02 a 3/03), mulheres com nome Janaína, não pagam.

Venda: Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Barracão EnCena. Informações sobre o horário de funcionamento da bilheteria em (41) 3223-5517.

Local: Teatro Barracão EnCena

Endereço: Rua Treze de Maio, 160 – Centro | Curitiba-PR

Ficha Técnica

Produção e Direção Cênica: Roberto Innocente

Música (original) e Direção Musical: Maestro Alessandro Sangiorgi

Livreto (original): Roberto Innocente

Cenário: Bira Paes e Roberto Innocente

Construção Cenário: Bira Paes e Equipe

Figurino: Sandra Francisca Canonico

Pianista (execução ao vivo) e Assistente de Direção Musical: Matheus Alborghetti

Maquiagem: Marcelino de Miranda

Iluminação: Clever D Freitas

Elenco: Joseane Berenda, Renet Lyon, Mariá Sallum, Daniel Siwek, Tarciso Fialho, Tiago Luz, Paulo Marques, Luana Godin, Monica Bezerra, Gideão Ferreira

Estagiária de Direção: Luna Madsen

Programação Visual: Douglas Borba e Bruna Capraro

Comunicação: Smartcom – Inteligência em Comunicação (41) 3039-3934

Contato com a imprensa: Camila Canassa (41) 9 9997-0615

Patrocínio: Copel (PROFICE)

Apoios: Teatro Barracão EnCena, Grupo Arte da Comédia/Art Brazilian Comedy, Misse Marià Comidaearte, Padaria America, Opera Orchestra Curytiba, Swiss-Terra da Batata

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios