Fluxo de caixa, como e porquê usar

Por Karoline Almeida

Todo mundo que administra as finanças da empresa sozinho, sem ter algum funcionário da área financeira, já se deparou com situação em que não possui caixa suficiente para as despesas da semana.

Mas por que isso acontece, mesmo quando a empresa tem bons faturamentos?

Porque a gestão do fluxo de caixa está errada, simples assim.

Fluxo de caixa é uma ferramenta financeira que possibilita você identificar quais semanas tem mais entradas de dinheiro, ou mais despesas pagar.

A maneira correta de ser utilizado vai variar com cada empresa, existe a mensal, a semanal e a diária.

O fluxo de caixa mensal irá te dar uma visão ampla de como vai ser o mês total, quantos tem previstos de entrada e quanto tem previsto de saída, porem não te possibilita tomar decisões mais assertivas, já que você não consegue visualizar em qual momento do mês as despesas irão sobressair as entradas. É mais aconselhável para uma analise geral de fim de mês, e não para tomada de decisões.

O fluxo de caixa semanal, é indicado para quem não tem um volume grande de entradas e saídas diariamente, já que você vai ter uma visão de cada semana completa. Então para a gestão financeira ela possibilita você enxergar em qual semana tem mais despesas, mas não em qual dia realmente vai estar.

O fluxo de caixa diário é indicado para quem quer uma gestão mais eficaz, e que tenha um fluxo diário de entradas e saídas. Com ele será possível encontrar exatamente o melhor dia para fazer novas compras ou negociar recebíveis.

Utilizar ele de maneira gerencial vai te dar a possibilidade de administrar seu caixa, por exemplo, antes de fazer uma compra e escolher o prazo de pagamento, você deve utilizar o fluxo de caixa para escolher o melhor dia para o pagamento.

Da mesma maneira se houver a necessidade de adiantar os recebíveis, você vai saber em qual momento adiantar, ou qual melhor data para o seu prazo de recebimento.

Quando utilizamos o fluxo de caixa de maneira correta, ele deixa de ser apenas uma planilhar e se torna aliado do empreendedor, para não ter mais a sensação de não ter dinheiro, e consegue administrar seu fluxo de caixa de forma correta.

E não esqueça de a primeira vez que começar alimentar, o saldo deve ser preenchido manualmente, e levando em consideração todo dinheiro de liquidez que você possui.

Karoline Almeida

Insta @almeida.consultoria

(41)99663-4977

Karoline Almeida atua como consultora financeira, formada em gestão financeira e especialização em investimentos e Lean Six Sigma. Da terceira geração de comerciantes uniu a prática com a teoria para fazer uma metodologia descomplicada para falar de economia e finanças para as pessoas.

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fechar
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios