AVE LOLA ESTREIA SEU NOVO ESPETÁCULO EM TENDA AO AR LIVRE

A programação da temporada contará com duas apresentações especiais da peça "Solo para Dois" do grupo dinamarquês Batida.

Depois do sucesso da temporada de Manaós – Uma saga de luz e sombra, onde a Ave Lola Trupe de Teatro encontrou uma solução para fazer apresentações ao ar livre de forma segura e responsável, a cia estreia seu novo espetáculo “Cão Vadio” que tem como pontos de partida para sua criação o universo do realismo fantástico presente na literatura latino-americana e a linguagem de cabaré. O espetáculo acontecerá no mesmo local onde a trupe retomou as atividades presenciais há mais de um mês, no jardim da Associação Eunice Weaver do Paraná localizada na rua Dr. Alarico Vieira de Alencar, 10,  Bacacheri. As apresentações iniciaram no dia 15 de outubro com ensaios abertos para estudantes da rede pública de ensino, em seguida tem pré-estreia dia 20 e estreia dia 21 do mesmo mês. A temporada de “Cão Vadio” segue até 21 de novembro, de quarta a domingo, sempre às 20h30. Para assistir ao espetáculo, o público deve fazer sua reserva com antecedência pelo site da Ave Lola.

“Cão Vadio” estava a um mês da estreia quando a trupe teve que suspender o processo de montagem em razão da pandemia. Um ano depois, quando os integrantes já tinham tomado pelo menos uma dose da vacina, a cia decidiu fazer uma imersão de 30 dias, na área rural de São José dos Pinhais, para finalizar o espetáculo, com uma equipe de mais de 20 pessoas, devidamente testadas e vacinadas. A diretora Ana Rosa Genari Tezza conta que a trupe ergueu um teatro sob uma tenda que havia no local para que o grupo pudesse ensaiar. “A Ave Lola se esforçou muito enquanto trupe para poder retomar. Entendemos que o teatro é necessário e fundamental em momentos de grande crise por convocar assembleias a partir de um universo sensível e amoroso. Esse momento do mundo necessita que haja isso com uma transposição que só a arte pode proporcionar”, elucida a diretora.

O novo espetáculo da Ave Lola explora a linguagem de cabaré e traz para cena uma pesquisa que passeia entre a literatura de alguns autores da América Latina como, Mario Vargas Lhosa, Gabriel García Márquez, Jorge Luis Borges e na estética das obras do artista Antonio Berni.

O espetáculo terá seus ingressos cobrados através do sistema “Pague o quanto vale”, adotado desde o primeiro ano da trupe, onde a plateia assiste à peça e ao final efetua o pagamento de forma consciente.

Programação Especial

Durante a temporada de “Cão Vadio” a Ave Lola ao Ar Livre – Teatro na Tenda receberá o grupo dinamarquês Batida que fará duas apresentações da peça “Solo para Dois”, nos dias 30 e 31 de outubro, às 18h30.

A comédia interpretada pelos atores Simon Holm e Soeren Ovesen é livre para todos os públicos e mostra o que pode acontecer quando os músicos que deveriam tocar no concerto, dizem que não irão poder fazer a apresentação.

Além das apresentações, o grupo irá fazer uma montagem para o público infantil, em parceria com a Ave Lola.

“O teatro sempre foi uma ponte entre povos, países e culturas. Essa parceria com a Dinamarca é o teatro reivindicando seu lugar de ponte, conexão e diálogo. É uma honra ter o Soeren dirigindo um espetáculo para criança, sendo ele uma pessoa que se especializou nesse assunto, ao longo da história de sua companhia, e é muito importante para nós ter uma referência internacional tão forte em nossa primeira aventura de teatro para criança. Depois continuaremos essa montagem em uma residência artística na Dinamarca, junto ao grupo Batida”, antecipa Ana Rosa.

A programação da Ave Lola ao Ar Livre também contará com apresentações musicais da Lola’s Band e Convidades, antes das sessões dos dias 24 e 31 de outubro, e 7, 14 e 21 de novembro, às 17h.

E no dia 18 de novembro, das 15h às 17h haverá o lançamento com acessibilidade do livro “Nuon” para pessoas surdas e cegas, com presença de tradutor de libras e audiodescrição. No dia, a autora Ana Rosa Genari Tezza fará a leitura de alguns trechos da publicação.

A Cozinha Ave Lola funcionará normalmente durante toda a temporada servindo comidinhas de rua, com opções vegetarianas e veganas.

SINOPSE CÃO VADIO (AVE LOLA)

O espetáculo Cão Vadio é uma obra que parte de uma pesquisa sobre o realismo fantástico presente na literatura latino-americana e a linguagem de cabaré. A peça intercala números e cenas, entre personagens que se encontram na borda do mundo, um lugar para onde alguns fogem, alguns se escondem, alguns foram levados à força, alguns chegaram carregados pelo vento do deserto ou trazidos pelas tempestades. É neste lugar onde conheceremos as histórias contadas pelos habitantes deste território a que chamamos Cão Vadio. O espetáculo aborda temas atuais, tais quais questões migratórias e de fronteiras, a intolerância, a violência e a dificuldade de comunicação gerada pelas diferentes realidades sociais a que o ser humano está submetido. A música do espetáculo é tocada ao vivo e teve como ponto de partida para a sua criação uma pesquisa sobre as canções e os ritmos latino-americanos.

FICHA TÉCNICA

Elenco: Ailén Roberto, Cesar Matheus, Eduardo Giacomini, Evandro Santiago, Helena Tezza, Marcelo Rodrigues, Olga Nenevê e Regina Bastos

Dramaturgia e direção: Ana Rosa Genari Tezza

Direção musical: Arthur Jaime e Breno Monte Serrat

Músicos: Arthur Jaime e Breno Monte Serrat

Preparadora vocal: Babaya Morais e Paola Pagnosi

Preparadora corporal: Ane Adade

Iluminação: Beto Bruel e Rodrigo Ziolkowski

Figurino: Eduardo Giacomini

Assistente de figurino: Helena Tezza

Costureiras: Rose Mary Matias de Oliveira e Marino Ferrara

Cenografia: Eduardo Giacomini

Adereços de cenário: Eduardo Giacomini

Confecção de bonecos e adereços: Eduardo Santos

Cenotécnicos: Fabiano Hoffmann, Anderson Purcotes Quinsler e Rene Augusto Barbosa

Operadores de luz: Rodrigo Ziolkowski e Alexandre Leonardo Luft

Direção de produção: Dara van Doorn e Elza Forte da Silva Carneiro

Produtor: Carlos Becker

Produção: Entre Mundos Produções Artísticas

Produção executiva: Laura Tezza

Comunicação e assessoria de imprensa: Larissa de Lima e Jamilssa Melo

Voluntárias(os): Alyssa Riccieri, Mateus Rettamozo, Natália Beltrão

Registro fotográfico e videográfico: Larissa de Lima

Ilustrações e projeto gráfico: Gabriel Rischbieter

Tradução para libras: Jonatas Medeiros / Fluindo Libras

Roteiro de Audiodescrição: Brisa Teixeira

Consultoria: Felipe Monteiro

Cozinha Ave Lola: Mattheus Boeck e Zulmira Maria de Lima

Adaptação da Tenda Ave Lola: Francisco Theodoro e Paulo Batistela (Nietzsche)

Este processo foi construído ainda com a contribuição dos artistas: Caro Hampf e Luís Fernando Nicolosi

Oficinas do projeto: A plasticidade da voz do ator, com Paola Pagnosi; Manipulação de bonecos, com Jaime Lorca; A Voz do Ator Cantor, com Babaya Morais

Parceiros de trajetória: Constantino Viaro, Ety Cristina Forte Carneiro, João Tezza Neto, José Álvaro da Silva Carneiro, Lisiane Cardona, Mayling Ling, Moema Zuccherelli, Mônica Rischbieter, Valéria Bechara.

Agradecimentos: Isadora Hofstaetter, Luciana Patricia de Morais, Elisa Cordeiro Brito, Tania Campos, Ana Paula Marques dos Santos, Ademar da Silva Brasileiro, Joã Klüber, Orgânicos Fruta-Café, Sítio Vale do Tigre, Luismar Antonio Martins Pinto, Lucilda Schemes Pereira e aos colaboradores da Associação Eunice Weaver (AEW).

Apoio:  Associação Eunice Weaver do Paraná, Escrisul Consultoria & Contabilidade, Mago Jardineiro, Flora&Cultura, Lavanderia Blanche, Padaria do Alves, Tamanduá Iluminação, Santo Dolce, Celestiale, Sushi Zen, Escola Junshin, Decor Letras.

Produção: Entremundos

Patrocínio: Sideral Air Cargo, Guararapes, Flexoprint, Foroni, Nórdica, TCP, Terra Rica, Andali, Electra Energy, Autoamérica, Ciapetro, Nipponflex, Agroplan  – V J FUCHS & CIA LTDA, Tratornew, Nostra Mamma, Expresso Azul, Ravato, Codepe, Innovats, Íntegra, Tratorcase, Boulos

Instituição Beneficiada: Hospital Pequeno Príncipe (HPP).

Realização: Ave Lola e as Meninas Produções Artísticas LTDASecretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo

SINOPSE SOLO PARA DOIS (GRUPO BATIDA – DINAMARCA)

O maestro está esperando impacientemente. Mas os membros do “Sweet Seven Magic Orchestra” ligam, um por um, para dizer que não vão conseguir se apresentar no concerto.

Inicialmente desesperado, ele decide tirar o máximo de proveito de uma situação tão desesperançosa: vai tocar o seu concerto solo de trompete, composto secretamente, que indubitavelmente fará a sua fama.

Justo quando ele está prestes a começar, um último membro da banda aparece; o menos talentoso e desesperançoso músico, que não pensa em nada além de futebol. Isso só pode terminar em um desastre…

E termina!

FICHA TÉCNICA

Direção: Giacomo Ravicchio

Dramaturgia: Soeren Ovesen e Giacomo Ravicchio

Figurinos e cenário: Giacomo Ravicchio e Karen Rasmussen

Compositor: Per Thomsen

Atores: Simon Holm e Soeren Ovesen

Serviço:

PROGRAMAÇÃO AVE LOLA AO AR LIVRE – TEATRO NA TENDA

Cão Vadio (Ave Lola)

Quando: 15 de outubro a 21 de novembro, de quarta a domingo, sempre às 20h30.

Reserva: http://www.avelola.net.br/agenda

Classificação: 16 anos

Ingressos: Sistema Pague o Quanto Vale

Local: Associação Eunice Weaver do Paraná localizada na rua Dr. Alarico Vieira de Alencar, 10,  Bacacheri.

Solo para Dois (Grupo Batida – Dinamarca)

Quando: 30 e 31 de outubro, às 18h30.

Reserva: http://www.avelola.net.br/agenda

Classificação: Livre para todos os públicos

Ingressos: Sistema Pague o Quanto Vale

Local: Associação Eunice Weaver do Paraná localizada na rua Dr. Alarico Vieira de Alencar, 10,  Bacacheri.

Lola’s Band e Convidades

Quando: 24 e 31 de outubro, e 7, 14 e 21 de novembro, às 17h.

Reserva: http://www.avelola.net.br/agenda

Classificação: Livre para todos os públicos

Ingressos: Sistema Pague o Quanto Vale

Local: Associação Eunice Weaver do Paraná localizada na rua Dr. Alarico Vieira de Alencar, 10,  Bacacheri.

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios