Teatro

Trio Elétrico de Teatro: Um grupo que veio pra ficar!

Alegria, crítica social e revolução. É por este caminho que o grupo Trio Elétrico de Teatro (@trioeletricodeteatro) procura desenvolver seus trabalhos. Formado em novembro de 2020, em pleno ápice da pandemia no Brasil, o Trio é composto por três jovens artistas em ascensão: Ariel Pascke, Carlos Becker e Giovanna Negrelli. O grupo se conheceu no curso de artes cênicas, da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR). Por conta de um trabalho da faculdade, no qual tinham que produzir um espetáculo para finalizar a disciplina, os três se juntaram e não se desgrudaram mais. Sobre o grupo, Carlos diz:

“2020 foi um ano de muita adaptação para nós, estudantes das artes cênicas. Nossa faculdade passou a ter aulas remotas por conta da pandemia e o nosso jeito de trabalhar mudou bastante. Por isso, ter formado um grupo de teatro, durante um ano tão conturbado, com processo de criação e ensaios, tudo online, foi uma baita surpresa maravilhosa! Uma forma de revolução!”.

 Deste projeto universitário, surgiu a primeira versão do “Bloco do Peru Perdido: O Ano só começa depois do Carnaval”, uma peça online totalmente produzida dentro de uma Universidade pública. A orientação ficou por conta da professora e diretora Sueli Araujo. O projeto foi selecionado para a 1ª Mostra Artística da UNESPAR. A partir disso, com vontade de expandir o trabalho e inseri-lo no meio artístico fora da faculdade, o Trio resolveu reformular todo o espetáculo e criar uma nova versão do “Bloco do Peru Perdido”.

“O novo ‘Bloco do Peru Perdido’ mistura mais ainda ferramentas da linguagem do teatro e do audiovisual, e nesta versão, pudemos desenvolver questões da primeira dramaturgia e explorar mais as brincadeiras da cena, sempre de forma carnavalesca”, informa Giovanna.

O espetáculo online “Bloco do Peru Perdido” estreia dia 19 de fevereiro, às 20:00 e fica em cartaz até o dia 13 de março, sempre aos finais de semana, pelo youtube do Trio Elétrico de Teatro. Um bloco de carnaval, dentro da sua casa, com muita música e diversão. Os ingressos poderão ser reservados por meio de um formulário ( https://forms.gle/4YvWVqi7Tb2Hy5vh7 ). O sistema de pagamento é o “Pague o quanto pode” e a contribuição poderá ser feita via PIX após assistir ao espetáculo.

“Fazer a contribuição é importante, pois ajuda o grupo a desenvolver outros projetos e criar novas produções. Com o dinheiro que arrecadarmos com esta temporada, a ideia é investir em uma nova produção do grupo, ainda para 2022”, revela Ariel.

A trupe Trio Elétrico de Teatro veio mesmo para ficar e fazer revolução. E nós, ficaremos de olho nas aventuras deste Trio de jovens artistas, que já estão alçando voos e fazendo fervo por aí! Vida longa!

Sinopse do espetáculo:

Para que o ano possa começar e que a vida volte ao normal, três amigos perdidos no tempo partem para uma jornada em busca do Peru. Pulando um Carnaval que nunca chega, em um ano que nunca começa, em uma viagem que irá propor uma reflexão sobre o comportamento humano perante situações cotidianas e que se tornam absurdas.

SERVIÇO:

DATA: 19 de fevereiro a 13 de março

HORA: Sábados e domingos, às 20:00

LOCAL: Canal do youtube do Trio Elétrico de Teatro

INGRESSO: Pague o quanto puder, via PIX. Reserve seu ingresso via forms (…)

Ficha técnica:

Direção e dramaturgia: Trio Elétrico de Teatro

Elenco: Ariel Pascke, Carlos Becker e Giovanna Negrelli

Edição de vídeo: Lucas Scremin

Produção musical: Marcelo Caldart Filho

Adereços: Nicolas Caus

Cenário, Color Grading e Câmera: Alisson Lopes

Figurino, maquiagem e sonoplastia: o Trio

Iluminação: Alexandre Luft

Design de arte: Larissa Urbina

Bonequeira: Janaina Graboski

Animação: Amanda Mello

Agradecimentos especiais: Sueli Araujo, UNESPAR, Nicholas de Brito, Paulo Biscaia, Amabilis de Jesus, André Ricardo, Marcia Moraes, Espaço Excêntrico e Massa Nakatani.

Posts relacionados
Teatro

Em seu 20º aniversário o Grupo Obragem de Teatro apresenta métodos artísticos em Websérie

Teatro

Cancelamento de vôo adia musical One Night Of Tina em Curitiba

Teatro

''MARIAS: História de Pomba Giras'', o novo curta-metragem da CIA KÀ trás a contemporaneidade brutal do século 21

Teatro

Neste fim de semana te contos no Guairinha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.