Sete filmes com temática indígena para assistir e refletir

Por Vanessa Ricetti Ricardo

Nesse dia 19 de abril, Dia do índio, fiz uma pequena lista de filmes sobre a temática indígena.

A Febre – Brasil – 2019 – 98min

O filme da diretora Maya Da-Rin conta a história de Justino (Regis Myrupu), índio de Manaus que vive há mais de 20 anos na cidade grande e trabalha como segurança no porto. Enquanto sua filha se prepara para estudar medicina em Brasília, Justino é dominado por uma febre misteriosa. O filme esta disponível no Netflix.

 

Ex Pajé – Brasil – 2018 – 81min

Filme do diretor Luiz Bolognesi conta a historia de um Ex-Pajé, um poderoso pajé que passa a questionar sua FEE após o primeiro contato com brancos que julgam sua religião como demoníaca. No entanto a missão evangelizadora comandada por um pastor intolerante é posta em cheque quando a morte passa a rondar a aldeia e a sensibilidade do índio aos espíritos da floresta mostra-se indispensável.

Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos – Brasil –  2018 – 114min

O filme é uma co-produção entre Brasil e Portugal, realizado pela cineasta Renée Nader Messora e João Salaviza, o filme documentário recebeu em 2019 o prêmio especial do Júri no aclamado Festival de Cannes.

Aos pés de uma cachoeira, Ihjãc Krahô se senta e começa a lamentar a ausência do pai morto. Para a sua surpresa, o pai responde. A voz diz ao jovem para organizar uma festa de fim de luto, permitindo que a alma siga o seu caminho e que os vivos prossigam com sua rotina. Um instante depois, a calmaria local é tomada pela presença de uma chama, um fogo em plena água. Esta é apenas uma das imagens surpreendentes do filme.

Martírio – Brasil – 2016 – 162min

Documentário realizado pelos diretores Ernesto de Carvalho, Tatiana Almeida e Vincent Carelli, faz uma análise da violência sofrida pelo grupo Guarani Kaiowá, uma das maiores populações indígenas do Brasil nos dias atuais e que habita terras do Centro-Oeste, entrando constantemente em conflitos  com as forças de repressão e operação organizadas pelos latifundiários, pecuaristas e fazendeiros locais, que desejam exterminar os índios e tomar as terras para si.

Taego Ãwa – Brasil – 2016 – 75min

Filme documentário dos diretores Henrique Borela e Marcela Borela. Na faculdade a dupla de cineastas encontrou cinco fitas VHS contendo registros da tribo Ãwa. Reunindo outros materiais, eles partem em busca do grupo, apresentando as imagens pela primeira vez e descobrindo a trajetória  de enfrentamento com os brancos desde 1973. Hoje, os Awã lutam pela demarcação e restituição de suas terras.

Antes o Tempo não Acabava – Brasil – 2016 – 85min

Ficção dos diretores Fábio Baldo e Sérgio Andrade conta a história de um jovem de origem indígena vai para a capital do Amazonas, Manaus, e lá vive as diferenças entre os costumes do lugar onde foi criado e o cotidiano urbano da cidade grande, incluindo questões de sexualidade.

As Hiper Mulheres – Brasil – 2011 – 80min

Documentário realizado pelos diretores Takumã Kuikuro, Leonardo Sette e Carlos Fausto, lançado em 2011, mostra o Jamurikumalu, o maior ritual feminino do Alto Xingu, no Mato Grosso. As mulheres do grupo começam os ensaios enquanto a única cantora que sabe todas as músicas se encontra gravemente doente.

Tags

Vanessa Ricetti Ricardo

Vanessa Ricetti Ricardo, jornalista e assessora de imprensa, pós graduada em cinema, desde o início de sua carreira se dedica ao jornalismo cultural. Trabalha como repórter em rádio. Criou em 2013 o Jornal A Cena, onde divulga a arte e a cultura realizada no país.

Artigos relacionados

1 pensou em “Sete filmes com temática indígena para assistir e refletir”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios