Teatro

Peças “de fora” para maratonar

Por Bianca Nascimento

O curitibano está, novamente, mais em casa do que na rua. O lado bom disso é aproveitar  para conhecer trabalhos de artistas fora do Paraná. Tudo, claro, de forma online.

Uma dessas apresentações é transmitida ao vivo, direto do Teatro Petra Gold, um dos teatros mais conhecidos aqui no Rio, e situado no Leblon. “A Peste, de Albert Camus”, é considerada uma das grandes obras do escritor existencialista. 

A montagem é uma adaptação desse romance, com direção de Vera Holtz e Guilherme Leme Garcia. Um monólogo realizado pelo ator Pedro Osório, também idealizador do espetáculo, que reflete sobre a empatia, o coletivo e a existência dentro de uma sociedade doente. 

Outro espetáculo é “O Jogo”, é uma obra premiada da venezuelana Mariela Romero. Recentemente, essa trabalho esteve em temporadas no Rio de Janeiro. A montagem revela duas mulheres que criam jogos de submissão enquanto esperam um homem misterioso que as domina. O legal desse trabalho é que após a apresentação, haverão debates ao vivo sobre desigualdade, opressão feminina e relações abusivas. 

E tem clássico também: a Cia. OmondÉ  tem seu canal no no YouTube e transmite o espetáculo  “Auto de João da Cruz” , com  texto de Ariano Suassuna.  A peça foi gravada com seis câmeras direto no Teatro Firjan. Com narrativa e elementos nordestinos, comuns nas obras de Suassuna, a montagem traz a figura do Guia e o Cego, que fazem uma aposta pela alma de João, um sujeito simples e humilde que tem sua vida mudada radicalmente.

A Cia. OmondÉ tem diversas peças em seu repertório de autores brasileiros, como Nelson Rodrigues, Grace Passô, Jô Bilac, Alcione Araújo, e gosta de fazer peças de reflexão sobre nosso papel na sociedade.

Bianca Nascimento

Jornalista, atriz, nômade. Em sua jornada na arte e jornalismo, Bianca Nascimento esteve à frente da assessoria de imprensa de projetos culturais em Curitiba e na comunicação da Secretaria da Cultura do Paraná. Sua alma nômade já a levou para a África do Sul, onde morou e trabalhou com marketing na área de intercâmbio. Agora, há dois anos morando no Rio de Janeiro, onde já se aventurou como atriz em teatro de comédia e musical, traz para o Jornal A Cena, literalmente, as novidades da cena cultural do Brasil para Curitiba e de Curitiba para fora.

Posts relacionados
Teatro

Espetáculo sobre Chiquinha Gonzaga abre a 53ª. Mostra Multiartes Cena Hum

Teatro

Curitiba recebe apresentações gratuitas do premiado espetáculo “VIK”, do teatro ilusionista de Maicon Clenk

Teatro

Espetáculo teatral Admirável Futuro Novo, faz temporada gratuita em Curitiba

Teatro

Musical gratuito “Quem Prospera Sempre Alcança” chega em Curitiba unindo humor e educação financeira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.