Peças “de fora” para maratonar

Por Bianca Nascimento

O curitibano está, novamente, mais em casa do que na rua. O lado bom disso é aproveitar  para conhecer trabalhos de artistas fora do Paraná. Tudo, claro, de forma online.

Uma dessas apresentações é transmitida ao vivo, direto do Teatro Petra Gold, um dos teatros mais conhecidos aqui no Rio, e situado no Leblon. “A Peste, de Albert Camus”, é considerada uma das grandes obras do escritor existencialista. 

A montagem é uma adaptação desse romance, com direção de Vera Holtz e Guilherme Leme Garcia. Um monólogo realizado pelo ator Pedro Osório, também idealizador do espetáculo, que reflete sobre a empatia, o coletivo e a existência dentro de uma sociedade doente. 

Outro espetáculo é “O Jogo”, é uma obra premiada da venezuelana Mariela Romero. Recentemente, essa trabalho esteve em temporadas no Rio de Janeiro. A montagem revela duas mulheres que criam jogos de submissão enquanto esperam um homem misterioso que as domina. O legal desse trabalho é que após a apresentação, haverão debates ao vivo sobre desigualdade, opressão feminina e relações abusivas. 

E tem clássico também: a Cia. OmondÉ  tem seu canal no no YouTube e transmite o espetáculo  “Auto de João da Cruz” , com  texto de Ariano Suassuna.  A peça foi gravada com seis câmeras direto no Teatro Firjan. Com narrativa e elementos nordestinos, comuns nas obras de Suassuna, a montagem traz a figura do Guia e o Cego, que fazem uma aposta pela alma de João, um sujeito simples e humilde que tem sua vida mudada radicalmente.

A Cia. OmondÉ tem diversas peças em seu repertório de autores brasileiros, como Nelson Rodrigues, Grace Passô, Jô Bilac, Alcione Araújo, e gosta de fazer peças de reflexão sobre nosso papel na sociedade.

Bianca Nascimento

Jornalista, atriz, nômade. Em sua jornada na arte e jornalismo, Bianca Nascimento esteve à frente da assessoria de imprensa de projetos culturais em Curitiba e na comunicação da Secretaria da Cultura do Paraná. Sua alma nômade já a levou para a África do Sul, onde morou e trabalhou com marketing na área de intercâmbio. Agora, há dois anos morando no Rio de Janeiro, onde já se aventurou como atriz em teatro de comédia e musical, traz para o Jornal A Cena, literalmente, as novidades da cena cultural do Brasil para Curitiba e de Curitiba para fora.

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios