Teatro

”MARIAS: História de Pomba Giras”, o novo curta-metragem da CIA KÀ trás a contemporaneidade brutal do século 21

Rosa, Cigarrilha… Pedido, canção. Um drink é bem-vindo. Só não desrespeite não, a gente sabe o que fala. Veja se presta atenção, tudo tem um preço. Uma rosa, um drink, uma atenção, nós não trabalhamos sozinhas, tenha respeito pelas nossas histórias… três histórias, um só cerne Marias traz a representação de Maria Quitéria, Maria Padilha e Maria Mulambo, que se fazem livres num misto entre a realidade e a fantasia, saindo dos estereótipos e se entregando a contemporaneidade brutal do século 21. 

Processo: 

A autora Beatriz Marçal compartilha que ‘A experiência de escrever a dramaturgia para um curta-metragem dessa complexidade foi completamente nova. Eu já escrevo há um tempo, mas só para mim e poucas pessoas tem acesso. A ideia era que a dramaturgia fizesse uma cama para a liberdade artística do Caio e do Kelvin durante as cenas, eu dei algumas direções também, e apresentasse a essência e o orgulho de cada uma das pombas giras presentes na produção. Pinçando os elementos chaves de uma pesquisa rigorosa fui estruturando as falas e os pontos como uma música, buscando ritmo e melodia nas pronúncias, meu intuito não era montar algo didático, era apresentá-las por elas mesmas. Dessa forma eu me arrisquei, coloquei falas em outras línguas, não com o intuito de ficar perfeito, mas com a ideia justamente de uma pronúncia abrasileirada, usei o francês e o espanhol, e as atrizes se jogaram. Acredito que principalmente tenha sido isso do início ao fim, a sensação de estar se arriscando e ansiedade para ver o caminho que o projeto tomaria.” 

 Kelvin diretor do projeto comenta ” Gravamos em Janeiro em um terreiro com preparação e muito estudo, contamos ainda com uma palestra dos Babalorixás Adriano e Luiz que contribuíram de forma positiva para o processo além de ceder o seu barracão de axé para as gravações. Ver pessoas que acreditam no projeto e que se movem para tudo isso acontecer, faz com que a gente contribua e devolva isso à arte, mesmo com os desafios de ser uma companhia independente. Deixo meus agradecimentos a toda a equipe e a Empresa Orixá Bazar Pingo de Ouro por abraçar esse projeto feito com muito carinho e respeito! ”

Patrocínio: 

A empresa Orixá Bazar Pingo de Ouro (Curitiba) patrocinadora do curta Marias compartilha de como surgiu o convite – ”Quando surgiu o convite para o patrocínio nós ficamos muito felizes, pois em nosso primeiro contato com o Kelvin, ele nos disse que tiveram ótimas referências nossas, fruto de muito de trabalho ao longo dos nossos 24 anos de loja. E nós decidimos apoiar esse projeto porque somos a favor da multiplicação do conhecimento, da cultura e de propagar nossa religião de forma ampla e clara. Isso porque acreditamos que é o conhecimento que acaba com o preconceito. 

Somos pioneiros na cidade em apoiar iniciativas como o curta das “Marias”, trabalho que Seu Antonio, fundador do Orixá Bazar Pingo de Ouro sempre fez questão de divulgar como, por exemplo, o festival de curimbas. O curta vem para fortalecer uma pauta muito recorrente nas religiões afro que é a desmistificação do negativo que é propagada de forma indiscriminada e errônea. Nossa religião é tão linda e tem tantos ensinamentos maravilhosos que projetos como esse são de suma importância para nossa amada umbanda. ”

O elenco conta com as atrizes, Caio Frankiu, Danielle Chrispim, Sol do Rosário e Paula Moreira. 

Captação de Imagens: Rawi Peter

Serviço 

Marias Histórias de Pomba giras 

O ingresso pode ser adquirido a partir do dia 15/05 no link: https://www.even3.com.br/marias/  valor único de 12,50. 

Estreia dia 03/06/22 

Todas as sextas feiras de Junho e Julho. 

Produção: KÀ produções 

Mais informações: www.ciakadeteatro.com.br

Posts relacionados
Teatro

Em seu 20º aniversário o Grupo Obragem de Teatro apresenta métodos artísticos em Websérie

Teatro

Cancelamento de vôo adia musical One Night Of Tina em Curitiba

Teatro

Neste fim de semana te contos no Guairinha

Teatro

Primeiro Festival de Bolso de Teatro em Curitiba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.