Fase erudita termina com mais de 25 mil visualizações nas programações artísticas

A fase erudita e antiga da 38ª Oficina de Música de Curitiba encerrou a programação com mais de 25 mil visualizações nas 43 exibições de vídeos e transmissões ao vivo. Na contagem ainda não está o público presencial do Coreto Digital e as lives do MusicaR. Toda a programação transmitida está com acesso disponível no link: oficinademusica.org.br/aovivo.

A Oficina atingiu um público de nove países e 56% dele feminino. Abel Rocha, maestro e diretor da fase erudita comentou o novo conceito on-line da Oficina de Música.

“Tivemos que redefinir o conceito de ‘público’, pois, na internet ampliam-se os limites geográficos e temporais. Não pensamos mais no público como aquelas pessoas presentes num determinado teatro num determinado horário. A programação tende a alcançar um universo muito mais diverso de pessoas”, afirmou Rocha.

Os mais assistidos, como de costume em todas as edições, foram os concertos de abertura no dia 17 de janeiro, que somam 5,3 mil acessos. Destaque para a mesa redonda com integrantes e representantes da Al Nour Wal Amal Orchestra (Orquestra de Meninas Cegas do Cairo) e o duo de violino e piano, com Winston Ramalho e Lucas Thomazinho.

Considerando que o maior público da Oficina eram os concertos no Teatro Guaíra, com capacidade de 2 mil pessoas, apenas no primeiro dia da 38ª edição esse número dobrou.

Ponto alto de visualizações foi o concerto de encerramento da fase erudita com 1,4 mil acessos, no sábado (23/1), com a Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba. No repertório, um contraponto da obra “Quatro Estações Portenhas”, de Astor Piazzolla com as “Quatro Estações Brasileiras”, composição feita exclusivamente para este concerto por quatro compositores brasileiros: Alexandre Guerra, Léa Freire, Silvia Góes e Felipe Senna.

Exibições e transmissões ao vivo

Ao todo, foram 26 transmissões ao vivo do Brasil e do mundo. De Curitiba, os lugares ocupados foram a Capela Santa Maria, Capela da Glória, Oratório de Bach e Sociedade Garibaldi.

As exibições de vídeos on-line somam 31, entre eles os 19 recitais de 17 grupos sinfônicos dos mais distantes estados do Brasil que participaram do Encontro Virtual Nacional de Orquestras. O Encontro de Orquestras aconteceu também no Coreto Digital, do Passeio Público, que contou com 58 vídeos de 36 Orquestras e agrupamentos musicais que participaram.

A programação contou ainda com um Encontro Nacional de Ópera On-line. Foram exibidos materiais do Teatro Amazonas, Teatro da Paz (Belém), Palácio das Artes (Belo Horizonte) e da Cia Independente de Ópera na Pandemia (Rio de Janeiro).

“A Oficina on-line estará disponível durante muito tempo para o mundo todo e esse número tende a crescer de maneira gigantesca, porque o alcance a médio e longo prazo é muito grande”, explicou o diretor da fase erudita sobre o impacto social do evento.

Entre os vídeos que podem ser acessados na página do YouTube da Oficina de Música estão concertos com os músicos: Emmanuel Baldini, Cristian Budu, Priscila Rato, Marcelo Caldi, Paulo Martelli, Edna Oliveira, Vagner Ferreira, entre outros.

Cursos

O acesso também aumentou para os alunos que têm a possibilidade de se inscrever como ouvintes e assistir às aulas através da plataforma Vimeo, no horário que for conveniente. As inscrições para os 27 cursos de música erudita e 18 de música antiga ficam abertas até o dia de encerramento do evento, dia 31 de janeiro.

“As pessoas podem acessar de maneira muito mais profunda às aulas. É um enriquecimento pedagógico e de divulgação de conhecimento muito grande”, finalizou Abel.

Há também a opção de inscrição para a Turma Especial de Acesso a Todos os Cursos, que garante a obtenção das gravações de todas as aulas realizadas na 38ª Oficina de Música de Curitiba, sendo aluno ouvinte de todos os cursos: categorias Antiga, Erudita, MPB, Música e Tecnologia e Musicalização Infanto-juvenil. A disponibilização do conteúdo seguirá o cronograma de publicações.

Serviço:

Inscreva-se como ouvinte nas aulas da Oficina de Música de Curitiba no site:
oficinademusica.curitiba.pr.gov.br

Assista toda a programação do evento através do link:
oficinademusica.org.br/aovivo

Autor: Fundação Cultural de Curitiba
Fonte: Assessoria de Imprensa

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios