Especial

Durante a pandemia brasileiros redescobriram a leitura

Por Assessoria de Imprensa e Redação 

Neste dia 23 de abril, data que se comemora o Dia do Livro, trazemos uma boa notícia. De acordo com pesquisa realizada pela Nielsen Bookscan e pelo Sindicato Nacional de Editores de Livros, nos primeiros meses de 2022, o país registrou venda de 10 milhões de livros, índice superior ao de  2021.

No segundo semestre do ano passado, foi comercializado no Brasil, em torno de 8,5 milhões de obras. Se compararmos em receita, 2022 também se mostra com um faturamento superior a 2021. 

A notícia é sem dúvida um alento ao mercado editorial, ainda mais com a crise sanitária, onde diversas livrarias pelo país, tiveram que fechar suas portas. Aos poucos, as pessoas voltam a frequentar as lojas físicas. Outro número surpreendente é a comercialização de livros online, em 2020 as vendas dos ebooks cresceram 84% no Brasil.  

Quem pesquisa e acompanha a situação das livrarias no Brasil, percebeu que os brasileiros haviam deixado de ler. Um exemplo disso foi o fechamento de várias lojas das grandes Cultura e Saraiva. Mas o que parece é que durante o pandemia do coronavírus  o brasileiro redescobriu a leitura.  

E você tem lido por aí?

Sobre o autor

Vanessa Ricetti Ricardo, jornalista e assessora de imprensa, pós graduada em cinema, desde o início de sua carreira se dedica ao jornalismo cultural. Trabalha como repórter em rádio. Criou em 2013 o Jornal A Cena, onde divulga a arte e a cultura realizada no país.
Posts relacionados
Especial

Você já ouviu falar em terapias alternativas?

Especial

A arte revelando os anseios sociais

Especial

Pipocas de Estrelas: Um Céu Iluminado de Histórias

Especial

Projeto Carta, Cartão, Afeto convida à escrita afetiva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.