Cineasta Paranaense recorre ao financimento coletivo para poder continuar produzindo

Por Assessoria de Imprensa

Sem ter tido devido suporte dos recursos destinados a socorrer o setor da Cultura e com seu ateliê fechado desde 15 de março de 2020, a artista visual, poeta e cineasta Iriene Borges teve que recorrer integralmente à sua produção artística para sobreviver à pandemia. O Crowdfunding, ou financimento coletivo, do Curta-metragem Amira é a forma encontrada para continuar trabalhando e produzindo arte em 2021.

Iniciado em 2018, de forma independente, Amira é uma animação produzida por mulheres, pensando o feminino e o feminismo com delicadeza, através da dança e do olhar. Como uma boneca russa, o jogo entre o olhar e a dançarina revela novas dimensões e novas possibilidade de jogo entre a ideia da nudez e a hachura. Amira dança, da inocência à fúria, e sua missão é não perder a linha.

Pelo menos não definitivamente.

O financiamento coletivo coletivo, vai possibilitar a remuneração dos profissionais envolvidos no projeto, como Lua Arasaki, Bailarina e Coreógrafa, e Luisa Perine, Diretora de fotografia e Editora, além dos músicos envolvidos na criação da trilha sonora original.

Além disso, através desse financiamento, será possível agregar ao projeto o design de som adequado à importância da música e do som para a história e ainda uma Produtora executiva para gerenciar os recursos.
Ente as recompensas para os apoiadores está a possibilidade de acompanhar o processo de dar vida à história e participar de um teste de audiência, sendo, portanto os primeiros a verem o filme.

Para quem gosta de animação e processos criativos é uma diversão e um grande aprendizado, com a
vantagem de apoiar a arte e a cultura de artistas e mulheres guerreiras.

https://www.catarse.me/projects/137332#
https://www.instagram.com/irieneborges/
https://www.instagram.com/luaarasaki/
https://www.instagram.com/luisaperine/

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios