Mestre Chico Malta, Cristina Caetano e Dan Selassie – músicos renomados no Oeste do Pará – lançam seus primeiros álbuns solo nas plataformas digitais

Mestre Chico Malta, Cristina Caetano e Dan Selassie - músicos renomados no Oeste do Pará - lançam seus primeiros álbuns solo nas plataformas digitais. "Rio Mar", do Mestre Chico Malta, "Batuque Mestiço", de Cristina Caetano, e "Batuque do Coração", de Dan Selassie, chegam ao público por meio da produtora de conteúdo e selo musical independente, Alter do Som

No mês de setembro, o selo musical e produtora de conteúdo Alter do Som, faz o lançamento de três trabalhos de peso, que vêm sendo gerados há mais de um ano — de artistas cujas carreiras musicais já são consolidadas.

No dia 03/09, o Mestre Chico Malta lança o disco “Rio Mar”. O álbum, que tem patrocínio da Natura Musical, é o primeiro registro de carreira solo do cantor e compositor de Alter do Chão disponível nas plataformas digitais e traz carimbó, xote, música popular paraense e marambiré.

Em 17/09, acontece o lançamento do álbum “Batuque Mestiço”. Primeiro trabalho solo da experiente cantora e compositora Cristina Caetano, o projeto propõe um resgate da sua ancestralidade, enaltecendo a cultura e resistência dos povos afro-amazônicos e afro-indígenas.

São composições autorais que remetem à sua própria vivência como mulher amazônida, fortemente influenciada pelo respeito aos encantados e saberes tradicionais da floresta.

Por fim, no dia 24/09, Dan Selassie, dono de uma voz potente e marcante, que já encanta nas apresentações ao vivo e participações em projetos coletivos, lança seu primeiro álbum “Batuque do Coração”. Dan, que já passou pelo rap, rock, reggae e soul, tem se dedicado nos últimos anos ao carimbó. Seu novo trabalho inclui oito faixas inéditas que retratam suas vivências em Alter do Chão.

Este ano, por meio da Lei Aldir Blanc, o selo e produtora de conteúdo Alter do Som já lançou os trabalhos do grupo Kuatá de Carimbó, Família Galvão, RAWI, Priscila Castro, além do Festival Amazônia Queer. Em breve, será promovido também o Festival Alter do Som. Para acompanhar todos os lançamentos e novidades, siga @alterdosom no Facebook, Instagram e YouTube e no site www.alterdosom.com.br

 

SAIBA MAIS

Mestre Chico Malta

Chico Malta nasceu em Santarém e, há mais de 44 anos, desenvolve seu trabalho como músico e arte educador na região. Descendente das etnias Waiwai e Munduruku, tem na sua produção poética e musical referências diretas às lendas, rituais e costumes dos povos do Tapajós. O álbum, que tem patrocínio da Natura Musical através da Lei Semear, Fundação Cultural do Pará e Governo do Pará, é o primeiro registro de um trabalho solo do cantor e compositor de Alter do Chão disponível nas plataformas digitais e traz carimbó, xote, música popular paraense e  marambiré. “Rio Mar” foi gravado em março de 2020, pouco antes da pandemia chegar ao país. Em um chalé de madeira na vila de Alter do Chão, foi improvisado um estúdio onde aconteceram as gravações, comandadas pelo produtor Leo Chermont e direção artística de Rodrigo Viellas.

Cristina Caetano

Renomada cantora paraense, Cristina Caetano já cantou ao lado de Sebastião Tapajós, Ney Conceição e outros grandes artistas da região. Nos shows, seu repertório mistura músicas autorais e clássicos da música paraense, do brega à MPP – Música Popular Paraense –, passando pelo carimbó e pela lambada. Pelo Alter do Som, lançou o trabalho Cabaré Paraense, ao lado do músico Nato Aguiar (bit.ly/cabareparaense). Em “Batuque Mestiço”, Cristina Caetano contempla, através da música, as raízes culturais e a ancestralidade dos povos afro-amazônicos e afro-indígenas. São 10 composições autorais que remetem à sua própria vivência como mulher amazônida, fortemente influenciada pelo respeito aos encantados e saberes tradicionais da floresta. O CD mescla de forma contemporânea os batuques, cantos, danças e ritos da cultura afro-religiosa e indígena:  “e na gigante interrogação sobre minha ancestralidade, sigo me construindo e desconstruindo temporalmente em busca de uma identidade. O resultado deste projeto reflete essa busca. Um mergulho profundo em minha existência”, completa.

Dan Selassie

Dan Selassie é um cantor e compositor que, desde 2015, tem se destacado na cena cultural de Santarém, Pará. Lançou os singles “No Embalo da Guitarrada”, uma parceria com Marcos Tapajós, e “Foi pra Cunhã”, que fala da sua vivência em Alter do Chão (escute aqui: bit.ly/danselassie). Seu primeiro disco traz oito músicas inéditas, sendo sete autorais, algumas em parceria com artistas da região: “Mina te quero” é uma canção do cantor e compositor Jow Pierre ao lado do rapper GP Rataria, que participa do disco. Os músicos Emanuel Orlando e Mestre Roberto Calango co-assinam “Jaci” ao lado de Dan. O trabalho conta também com a participação especial da cantora Priscila Castro na música “Lambada Bregueira”.  A canção é uma homenagem ao Espaço Alter do Chão, centro cultural onde Dan trabalhou por cinco anos, conheceu artistas e desenvolveu-se como compositor. Com este trabalho, Dan espera cativar o público: “que essa arte possa rodar o mundo e trazer visibilidade não só para mim, mas também para a região, especialmente para que a vila de Alter do Chão não seja destruída pelo progresso desordenado. Este é o principal objetivo do meu trabalho”.

SERVIÇO:

Lançamentos dos álbuns:

Chico Malta: álbum “Rio Mar” dia 03/09.

Cristina Caetano: álbum “Batuque Mestiço” dia 17/09.

Dan Selassie: álbum “Batuque do Coração” dia 24/09

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios