Luana Godin apresenta seu novo trabalho: Dançaaê

Cantora e compositora, a paranaense Luana Godin apresenta seu novo trabalho, o EP “Dançaaê”, com cinco faixas. Depois de fundir sonoridades eletrônicas e orgânicas no álbum de estreia, desta vez Luana vai mais adiante ao apostar em bases totalmente eletrônicas, aprofundando a ênfase em uma de suas primeiras influências musicais: o reggae e sua fusão com ragga, dancehall, trap, funk e jazz, universo sonoro que rememora seus primeiros anos como cantora profissional, fazendo backing vocal em bandas de reggae dos 16 aos 22 anos de idade.

O álbum será disponibilizado no dia 15 de outubro de 2019 no site www.luanagodin.com e nas plataformas: Spotify, Deezer, SoundCloud, YouTube, Music Apple e Google play.

Como já entrega no título, Dançaaê é um álbum que quer te fazer dançar. A compositora intima os ouvintes de forma ainda mais direta: “Dança aí, dança aê, Dançaaê!”. Acostumada a meter a mão na massa sonora e estar à frente de seus trabalhos sem dispensar a parceria com bons profissionais, ela iniciou a produção em 2018 trocando ideias com diferentes produtores musicais, no intuito de identificar e amadurecer as sonoridades de cada composição.

Em julho de 2018, com um repertório que combina os singles e remixes do álbum sOla às canções que estavam sendo criadas, Luana fez o pré-lançamento do show Dançaaê.  As apresentações em festas, eventos e na turnê no projeto SESC SONORO, no primeiro semestre de 2019, foram fundamentais para encontrar a linguagem final para o novo disco e para a performance ao vivo, momento em que ela une a base eletrônica com guitarra e percussão.

Precoce, Luana começou nas artes aos seis anos de idade e desde então seguiu, cantando, tocando diversos instrumentos e fazendo cursos de teatro. Tem Licenciatura em teatro pela FAP e especialização em Literatura dramática e Teatro na UTFPR, foi integrante do grupo Samba de Saia durante nove anos e tem vários projetos com a Parabolé, além das temporadas do espetáculo “Sobre Lendas e Mulheres”. Desde que buscou a profissionalização como cantora, aos 16 anos, tudo se precipitou na vida desta ‘maringaense-curitibana’ decidida. Com um vasto e multifacetado currículo artístico, Luana sempre se envolve criativamente nos projetos para os quais é contratada. Essa postura, diz, foi fundamental para que desenvolvesse seus potenciais como cantora, atriz, musicista e produtora. Filha do meio aprendeu cedo a olhar a necessidade do outro. A partir de 2014, ano de seu primeiro trabalho solo, ela começou a olhar mais para suas composições e se deu conta que teria que criar algo para chamar de seu.

 “Dançaaê” faixa a faixa

“Essaépatu” foi o primeiro single, lançado junto com clipe roteirizado por Luana, com uma proposta que reforça seu trabalho de anos, também no teatro, sobre empoderamento e protagonismo feminino.  A produção é de Alonso Figueroa, que trabalhou no disco de estreia. Depois de trocas de ideias sobre referências de reggae e ragga ele optou pelo “ragga e drum and bass no refrão e um groove mais funkeado para as estrofes.” Para a parte lenta sentiu que um trap cairia melhor, devido a linguagem eletrônica incorporada. A voz foi gravada no Audio Stamp por Virgilio Milleo.

“The Sun in your eyes” também já foi lançado em single, com vídeo captado ao vivo, e está disponível no youtube da cantora. Esta track é uma pequena ousadia da compositora, com letra em inglês, que surgiu depois de ouvir Billie Holliday. “Aquele refrão não saía da cabeça, i just want to see the sun in your eyes. Fiquei cantando o dia inteiro”, lembra.  Ao produzir a canção optou por uma fusão com elementos do reggae. Anderson de Lima Crespo fez a primeira versão com samples, efeitos sonoros e gravou o baixo. Manteve-se o baixo de Lima Crespo e os efeitos sonoros digitais, somados aos backing vocals de Luana, que também gravou teclado e guitarra. Com bateria eletrônica criada por Luigi Castel, que colocou “timbres e sonoridades mais sinistros para contrastar com a beleza da letra, dando aquele ar Morcheeba na música”.

Luigi Castel, parceiro na produção musical de sOLa e do single “Um pouco de tudo que há em mim”, também assina a produção de “Santo Forte”, a canção inédita que abre o EP e que, segundo Luana, “é um escudo musical de proteção espiritual”. Luigi diz: “Desenvolvi as batidas a partir da letra e melodia que vieram prontas. Sob influência do Ragga e funk criamos passagens sonoras e uma guitarra marcante no arranjo. Temos muito orgulho, pois essa música inspira a manter o foco e a fé naquilo em que acreditamos, acompanhados pelos nossos santos e mentores espirituais”. Luana propôs, então, gravar o teclado com timbre de Clavinet, “um dos timbres que mais amo pra trazer aquele suingue”.

“AumentaÊ” traz o bom e imprescindível reggae sem esquecer as questões sociais e políticas que lhe são caras. Gerra G, parceiro no single “Pura energia”, faz este feat com Luana, colocando elementos do reggae roots de Bob Marley e The Wailers e inspirando-se, também, em Graundation e sua mistura jazz, blues e reggae roots.  “Foi um som inédito em sentido de gênero, pois as tracks que crio são Downtempo. O talento de Luana e o tema político me inspiraram a topar fazer esta track”, diz Gerra G.  A mixagem e masterização foram feitas por Gerra G e a voz foi gravada na Kremaria Records, por Jonatha Yunoki (Capital Monkey).

“Nem vem” é um dancehall, com base criada pela DJ Numa. Luana conhecia várias criações da DJ e ao ouvir esta sentiu que era perfeita para a letra e a melodia que tinha em mãos. Um único encontro bastou para adaptarem a base conforme a estrutura da canção que, explica a compositora, é um lembrete de que “minha paciência acabou e um pedido de reeducação geral para muitos piás que ainda enxergam e tratam as mulheres de maneira totalmente equivocada e prejudicial”. Dj Numa criou esta track em um momento que ouvia muito dancehall da década de 70. “A ideia era sintetizar o meu estilo de sample com a timbragem de um dancehall mais dançante, o que acaba sendo um pé pra virar um reggaeton”, observa ela.

Para ouvir:

www.luanagodin.com

EP DANÇAAÊ COMPLETO YOUTUBE –  (ESTREIA DIA 15 DE OUTUBRO)

Crédito foto: Margheurita Dissá

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios