Libélula Festival, a melhor opção para a virada do ano

Evento será em uma área de preservação ecológica na Serra do Mar, entre Paraná e Santa Catarina.

Do mesmo criador do Psicodália, chega à Região Metropolitana de Curitiba o Festival Libélula, uma imersão de seis dias em meio a mata atlântica com música, intervenções artísticas, peças de teatro, oficinas, recreação infantil e muito mais. Tudo isso na virada do ano, entre os dias 27 de dezembro e 1º de janeiro, na Reserva Ecológica Terraiz Castelhanos, uma chácara na Colônia Castelhanos, em São José dos Pinhais.  As vendas dos ingressos começam dia 7 de outubro no site e quiosques do Disk Ingressos. O primeiro lote será R$200 e quem comprar nos dois primeiros dias de venda ganha um mimo.

A ideia do Libélula é propor um espaço de trocas e evolução conjunta. A escolha de uma chácara no meio da serra do mar, em uma área de preservação foi proposital.  “A imersão em uma natureza quase virgem nos coloca em uma reflexão imediata sobre o mundo, os excessos que cometemos na cidade e como podemos agir pra diminuir o impacto do consumismo no meio ambiente”, Alexandre Osiecki, que esteve na direção de 22 edições do Psicodália, o maior festival independente do país.

Cerca de 20 bandas autorais devem se apresentar nos palcos do festival que também incentiva artistas independentes a levarem seus instrumentos e apresentarem ao público seu som no formato desplugado. Esta primeira edição não terá inscrições para atrações musicais, a seleção será mais local e voltada para bandas locais engajadas. Quem deseja ministrar uma oficina ou apresentar sua peça deve ficar ligada nas inscrições que começam dia 14 de outubro.

O festival acolherá menos de ⅙ da quantidade de pessoas que o Psicodália recebia. Segundo o  idealizador de ambos os festivais, há algum tempo as pessoas vinham relembrar o tempo em que o Psicodália era menor e pediam algo em um formato mais reduzido.

ESTRUTURA

A Reserva Ecológica Terraiz Castelhanos possui estrutura para camping, rios de pedra e de argila medicinal, cachoeiras, trilhas e belas paisagens da Serra do Mar. Há 81 km de Curitiba, a chácara fica localizada em uma área de preservação ambiental. Os proprietários da área são produtores de alimentos orgânicos e as verduras, legumes e frutas retiradas da agrofloresta serão alguns dos ingredientes das refeições oferecidas pelo festival e também estarão à venda para o público.

O Libélula Festival terá três palcos, sendo um deles livre. Osiecki explica que é preciso abrir espaço para artistas de rua, pessoas que tem sido repreendidas constantemente por apenas apresentarem seu som em espaços públicos.

QUEM É O XANDE?

Alexandre trabalha a 25 anos com música e desde 2001 produz e dirige o Festival Psicodália, maior festival independente do Brasil.

SERVIÇO:

Libélula Festival

Data: 27 de dezembro a 1º de janeiro.

Local: Reserva Ecológica Terraiz Castelhanos – São José dos Pinhais.

Ingressos: à venda a partir do dia 7 de outubro.

Mais informações no site: www.libelulafestival.com.br

Arte de Diego Perin.

Fotos de Thais Penteado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios