CAIXA Cultural Curitiba traz a narrativa gestual de Tsunami

Premiado espetáculo brasiliense, elogiado pela crítica e pelo público, chega a Curitiba para curta temporada na Caixa Cultural

A Caixa Cultural Curitiba apresenta, de 19 a 22 de dezembro, Tsunami, considerado pelo público o melhor espetáculo do Cena Contemporânea – 18º Festival Internacional de Teatro de Brasília, em 2017, em enquete realizada pelo jornal Correio Braziliense. A peça surge como uma visão poética do premiado artista carioca Jonathan Andrade, um forte expoente do teatro contemporâneo de Brasília, que assina a direção, dramaturgia e encenação desta obra.

No palco, os espectadores são convidados a um encontro com a renomada e também premiada atriz e palhaça Ana Flávia Garcia, que vive uma personagem refugiada, sem lugar e destino, uma sobrevivente que mesmo com a ausência da palavra materializa uma narrativa sobre os diversos tempos da sua vida, do cotidiano, da tentativa de sobrevivência e diálogo em meio aos escombros de um Tsunami. Uma experiência de encontro e de outras formas de relação com as nossas instâncias humanas.

O uso de um dialeto próprio da personagem, fator que poderia ser uma barreira de comunicação, em Tsunami torna-se a porta de abertura para o diálogo através dos sentidos, evocando temas como amor, solidão, utopia, compaixão, esperança, morte ou nada disso, propondo uma experiência de aproximação através do afeto. A narrativa do espetáculo, tecida por gestos, ações e imagens poéticas, dialoga com uma cenografia repleta de detalhes que vão se revelando para o espectador e possibilitando uma reconstituição da história da personagem.

Mergulhado em um processo autobiográfico a partir do universo da perda, o diretor, dramaturgo e encenador pinta e esculpe um cartoon em diálogo com sua sobrevivência. Um processo de criação que constrói a presença em cena a partir de um jogo que convulsiona as emoções. Uma artesania funda de memórias, conexões e temporalidades. Uma obra com narrativa ficcional e camadas de simbiose que reverenciam as biografias da direção e da atuação. Essa proposta de Jonathan Andrade busca a força do encontro com o público e a simplicidade de paisagens poéticas a partir do que somos capazes de sentir. Tsunami é sobre sentir.

Desde a concepção, Jonathan Andrade, Ana Flávia Garcia e a equipe do espetáculo se desafiaram a executar o processo de criação de forma compartilhada, fazendo parceria com o arte-educador Wellington Oliveira. Durante quatro meses, semanalmente, 40 estudantes de uma escola pública de Planaltina/DF acompanharam os ensaios e contribuíram com o processo criativo, experimentando cenas, compartilhando ideias, dúvidas, olhares, relatos pessoais e desafios da criação.

O resultado deste projeto, que surgiu da parceria criativa entre três artistas e seus grupos: Ateliê Aberto, Grupo Sutil Ato e Casa das Anas – QG de Criação, foi o reconhecimento do público e da crítica especializada. Tsunami foi destaque, em 2017, no Prêmio SESC de Teatro, sendo vencedor nas categorias de melhor atriz e melhor cenografia, e indicado como melhor espetáculo, figurino sonoplastia, iluminação, dramaturgia e direção.

Debate

Em Curitiba, os criadores do espetáculo, Jonathan Andrade e Ana Flávia Garcia, participam de debate com a plateia do espetáculo no sábado, dia 21, após a apresentação.

Jonathan Andrade, renomado e premiado diretor e dramaturgo, é conhecido por sua visceralidade técnica e por encenações inventivas, provocativas e com grande potencial de comoção e afeto.

Ana Flávia Garcia é artista cênica jogadora/criadora em palhaçaria, atuação, direção e dramaturgia. É militante em arte-educação, desenvolvedora de projetos, mediações e metodologias na tríade arte/ação/sociedade.

SERVIÇO

[TEATRO]Tsunami

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR).

Data: de 19 a 22 de dezembro

Horário: quinta a sábado às 20h e domingo às 19h

Ingressos: vendas a partir de 14 de dezembro (sábado). R$ 30 e R$ 15 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura.

Bilheteria: (41) 2118-5111 (De terça a sábado, das 12h às 20h. Domingo, das 14h às 19h.)

Classificação etária: 14 anos

Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

[DEBATE COM OS CRIADORES] 

Local: Caixa Cultural Curitiba

Data: 21 de dezembro, após a apresentação do espetáculo

Carga Horária: 50 minutos

Crédito foto: Diego Bresani

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios