Aveiro, a Veneza portuguesa

Por Roberta Freire

Hoje vamos passear um pouquinho por Portugal e , com a ajuda do nosso correspondente de Lisboa, Pedro Balão, conheceremos a história e curiosidades desta que foi uma das cidades que mais gostei de conhecer: Aveiro, a Veneza portuguesa.

Aveiro possui uma paisagem única dominada pelo rio Aveiro e pelos braços de água que entram pela cidade e que marcam de forma permanente a história, cultura, o patrimônio e a identidade local.

No século XVI o desenvolvimento da indústria do sal, da agricultura e da pesca e as primeiras campanhas da pesca do bacalhau na longínqua “Terra Nova”, em 1501, trouxeram a Aveiro uma época de prosperidade que também lhe valeu o título de capital do sal e da salga do bacalhau.

No inverno de 1575 uma grande tempestade destruí os canais de Aveiro que ligaram as rias ao mar, prejudicando o comércio marítimo, a pesca e a atividade salineira. No século XIX construíram a Barra Nova, com canais largos e profundos, ligando, novamente ao mar, reconstruindo a fonte de vida e de sobrevivência da região.

O cartão de visitas de Aveiro é a sua ria com os canais que cruzam a cidade. Foram formadas por um fenômeno natural raro que originou um cenário que nos deixa sem palavras.

A rua de Aveiro não é nada mais nada menos que a foz do rio Voga, rio Antuã, Cáster, Boco e a Ribeira do Fundão. A fusão das águas doces com a água que vem do mar cria uma enorme bacias de águas salobras.

O colorido barco Moliceiro é o Rei da ria de Aveiro, atualmente dedicados à atividade turística mas, no passado, foram responsáveis pelo transporte de moliços, algas que eram retiradas das rias e transportadas até os campos agrícolas da região para serem utilizados como fertilizantes.

Aveiro conquistou, recentemente, ao título de capital da arte nova, reflexo do número de edifícios e monumentos desta corrente artística que conserva e que, por sua vez, se reflete no brio da comunidade local e por uma procura crescente pelos visitantes e turistas que chegam à cidade. A cidade tem uma identidade arquitetônica muito característica, dada pelos seus belos edifícios de arte nova ao redor de praças e espaços verdes e pelo colorido dos azulejos que formam fachadas de casas com seus padrões únicos.

A burguesia local no final do século XIX e início do século XX , que com seu espírito empreendedor, se deixou seduzir pela novidade e ousou ser moderna construindo fachadas de azulejos coloridos.

Os doces são uma atração à parte em todo Portugal e , em Aveiro, a fama vai para os “ovos moles”, uma massa parecida com a hóstia recheada com doce de ovos.

A razão que deu origem aos ovos moles é mais uma lenda que conta eu esse doce foi criado por uma freire de um mosteiro de Jesus, atual Museus de Santa Joana que foi castigada com jejum por ter cometido o pecado da gula. Descontente com o castigo, a freira começou a misturar gemas de ovos com açúcar. Para não ser apanhada em flagrante ela guardava o doce de ovos ao lado das hóstias. Quando o doce foi descoberto acreditava-se que fosse um milagre pois, um doce tão saboroso assim só podia ser obra de Deus.

Um dos cartões postais de Aveiro são os painéis coloridos das fachadas das casas da praia Costa Nova, pintados em listas verticais ou horizontais alternando uma cor forte e branco, na sua maioria. Essa é uma região de praia de Aveiro e conta a história que essas casas tinham, como principal finalidade, o armazenamento de material de pesca e os pescadores fizeram essa pintura chamativa para facilitar aos pescadores que visualizassem de longe a casa onde deveriam guardar seus pertences, direcionando o barco que vinha de alto mar, para o local correto. Hoje em dias algumas casas são moradias, outras viraram restaurantes e estabelecimentos turísticos.

Ao visitarem Aveiro não deixem de ir à Costa Nova, seu álbum de fotos agradecerá!

Roberta Freire

Há mais de 20 anos atuando na área de turismo.
Especialista em viagens com experiências
Apresentadora do Programa Viaje com Roberta Freire na Elemental Channel ( em mais de 180 países pelas tv´s Sansung e LG) e , no Brasil, na COMBRASIL em todas as operadoras de tv ).
Empresária do ramo de Turismo ( Planeta Vistos, Turismo Fácil, In Viaggio e Viaje com Roberta Freire), CEO da 4HEROES.
Viajante, mãe, esposa e apaixonada por conhecer diferentes culturas e experimentar a vivência local.

Tags

Roberta Freire

Há mais de 20 anos atuando na área de turismo. Especialista em viagens com experiências Apresentadora do Programa Viaje com Roberta Freire na Elemental Channel ( em mais de 180 países pelas tv´s Sansung e LG) e , no Brasil, na COMBRASIL em todas as operadoras de tv ). Empresária do ramo de Turismo ( Planeta Vistos, Turismo Fácil, In Viaggio e Viaje com Roberta Freire), CEO da 4HEROES. Viajante, mãe, esposa e apaixonada por conhecer diferentes culturas e experimentar a vivência local.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fechar
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios