A Curitiba do samba tem novo ponto de encontro

Samba da Nega reúne em uma festa mensal os fãs do gênero na cidade

A majestade, o samba, tem agora um encontro mensal em Curitiba. Idealizado pela cantora Janine Mathias, o projeto Samba da Nega volta renovado e quer criar uma agenda permanente de encontro dos amantes do samba na cidade. A festa será no Vasquinho, sempre aos sábados, no início de cada mês.

O Samba da Nega é uma celebração ao samba e foi idealizado por Janine Mathias para criar um espaço em que a ancestralidade negra e a história da música brasileira são exaltados. O projeto existe desde 2014 e já foi realizado em diversos espaços da cidade. Nessa história, o projeto já reuniu diferentes artistas – entre banda e convidados – e têm público fiel que a cantora chama de “família da nega”.  

O repertório da festa passeia pela história do samba, em todas suas vertentes: partido alto, samba enredo, gafieira, samba de breque, samba roque, samba canção, samba dolente. Janine Mathias também faz uma grande homenagem às mulheres do gênero, principalmente às mulheres negras, reconhecendo e valorizando aquelas que são referências absolutas – como Dona Ivone Lara, Elza Soares, Clementina de Jesus, Leci Brandão – e celebrando nomes da atualidade – como Mariene de Castro e Teresa Cristina. Além disso, com um olhar global do papel que o samba teve e tem em cada tempo, o público pode esperar por músicas de menestreis como Cartola, Clara Nunes, Zé Keti, Nelson Sargento, Zeca Pagodinho, Beth Carvalho, Toninho Geraes e Diogo Nogueira.

A grande roda de samba é comandada por Janine Mathias, nos vocais, acompanhada por Luis Ivanqui e Jonas Lopes nas cordas e Léo Fé e Luiz Rolim nos batuques. “Fazer o Samba da Nega vem da vontade de, como canta Alciona, ‘não deixar o samba morrer’. Queremos nessa festa celebrar a história e o significado ancestral do samba, criando um espaço de encontro e celebração para as pessoas da cidade”, diz a cantora. A festa também conta com discotecagem do DJ Eder Ribeiro, seguindo no balanço do samba.

Para a atual empreitada, Janine convidou a Gloriosa Produção Cultural, uma parceria que vem da vontade de expandir as possibilidades do projeto e manter uma agenda permanente para essa festa. “Queremos parar um pouco o tempo para estarmos juntos, celebrar as pessoas em toda sua diversidade e alegria e insistir na presença compartilhada”, dia Janine Mathias.

Para 2019, já estão marcadas três datas até o final do ano: 05 de outubro, 02 de novembro e 07 de dezembro. A casa abre sempre às 21h30 e a banda começa a partir das 22h. A cerveja oficial do evento é a Colorado.

JANINE MATHIAS

Cheia de tempero, gostos e sabores, Janine Mathias lançou seu primeiro álbum ‘Dendê’ em 2018. A cantora e compositora é conhecida justamente por sua cadência musical. No samba ela tem suas principais raízes: é filha de sambista do berço boêmio de Brasília, cidade onde também nasceu. Radicada em Curitiba desde 2009, foi aqui que nasceu musicalmente.

Janine Mathias canta o resgate da ancestralidade e a autoestima da mulher negra. O cerne do álbum passa por união, origem e herança. O álbum, para a artista, é um símbolo de coletividade: as dez faixas contaram com a contribuição de muitos artistas, seja na produção, com parcerias ou simplesmente inspiração musical.

Com o show “Dendê”, já passou por várias cidades do Brasil, incluindo uma circulação descentralizada nos bairros da capital paranaense. “O disco é sobre o que é ser uma artista negra contemporânea”, diz Janine. A cantora e compositora Janine Mathias representa a voz da juventude, pois traz em sua cadência o samba e o rap. Ela canta a autoestima da mulher negra e celebra a sua ancestralidade.

GLORIOSA PRODUÇÃO CULTURAL

Ana Hupfer e Flavia Milbratz criaram a Gloriosa porque acreditam que a cultura pode gerar transformações significativas para as pessoas e para o mundo. As duas profissionais – que têm mais de uma década de experiência em diferentes iniciativas e instituições da produção cultural – criaram a empresa e guiam seu trabalho na criação de redes, de espaços de expressão e na promoção dos elementos afetivos da experiência cultural. Nossa crença é que a ação cultural deve estar no coração da renovação das cidades e na integração das pessoas, pois é preciso promover o que nos une. 

A Gloriosa idealizou e produziu, entre outros, projetos como a Mamute – Feira Gráfica de Rua; a NAVE – Mostra Circulante de Cinema para Crianças; o Criaturas Fantásticas – uma Exposição de Arte com Crianças; faz a produção e curadoria artística do Festival de Impacto; e – entre outros projetos – irá realizar a Virada Sustentável Curitiba em 2020.

SERVIÇO:

SAMBA DA NEGA – edição outubro

Onde? Vasquinho

(R. Dr. Roberto Barrozo, 1190 – Bom Retiro)

Quando? 05/10/2019

Horário: casa abre às 21h30 – banda começa às 22h 

Quanto? 

ingressos antecipados (eventbrite): R$15

www.eventbrite.com.br/e/73750229923/

nome na lista: R$25

https://forms.gle/vZMPhq2LN7L92b8g6

ingressos na hora: R$30

Ficha técnica

Banda: Janine Mathias, Luis Ivanqui, Jonas Lopes, Léo Fé e Luiz Rolim.

Produção: Gloriosa Produção Cultural

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios