Exposição

A mostra “Memória, imagem e infância” traz ao MIS resgates de histórias

Abre nesta sexta-feira, dia 12 de julho, no Museu da Imagem e do Som, em Curitiba, a exposição “Memória, imagem e infância”. O fotógrafo curitibano Lex Kozlik participa da mostra com seu projeto “Caçadores de memórias”, que propõe um mergulho nos registros do passado para compreensão da própria história.

A exposição conta ainda com trabalhos de Guilherme Glück e outros artistas, que complementam a narrativa fotográfica de resgate da memória para a construção de uma história pessoal e também coletiva. Através das fotos, a mostra encoraja crianças e adultos a compreender suas origens e registrar suas trajetórias.

O projeto “Caçadores de Memórias” busca resgatar a genealogia pessoal para ver através do tempo. Explorando o poder da fotografia como registro, Lex Kozlik convida a viajar pelo passado para descobrir o presente e compreender sua própria identidade.

Sobre Lex Kozlik

Fotógrafo e publicitário, Lex Kozlik acredita que o poder das imagens vai além de conceitos que podemos compreender ou definir. Seu trabalho tem o objetivo de produzir imagens que se conectem ao imaginário, individual ou coletivo, consciente ou inconscientemente. Para conhecer mais sobre seu trabalho, acesse o site www.cacadoresdememorias.com.br

Serviço:

Exposição “Memória, Imagem e Infância”

Local: Museu da Imagem e do Som – Rua Barão do Rio Branco, 395 – Centro, Curitiba

Abertura: 12 de julho, sexta-feira, às 19h

Período expositivo: de 13 de julho a 13 de outubro de 2019

Entrada franca

Posts relacionados
Exposição

Um jardim encantado em Curitiba

Exposição

Maior jardim de esculturas público do Brasil, com obras de João Turin, vai completar um ano

Exposição

Grupo de artistas inaugura a mostra Univers9 no MuMA neste sábado

Exposição

MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA TERÁ COMO MARCO DE REABERTURA MÚSICA CRIADA POR RAPPER DE PERIFERIA CARIOCA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.