VERDADES SECRETAS 2 CONSOLIDA O MELHOR DA TELEDRAMATURGIA BRASILEIRA

Por Igor Horbach

Com o sucesso da primeira temporada em 2015, a Rede Globo renovou uma novela das 23h para uma segunda temporada. É isso mesmo. Pela primeira vez na história da emissora, uma novela terá uma continuação de fato. Verdades Secretas escrita pelo incrível Walcyr Carrasco chegou até mesmo a ganhar  o Emmy de melhor novela e parou o país no horário noturno com a trama em volta de drogas, vingança, disputa por dinheiro, fama e principalmente, sexo. 

A nova temporada acompanha a vida de Angel (Camila Queiroz) anos depois dos acontecimentos do último capítulo da temporada 1, agora viúva e completamente endividada. A jovem agora mãe, se verá na saia justa ao descobrir que sua maior credora é sua maior rival: Giovanna (Agatha Moreira) e que também o seu filho sofre de uma doença grave. Sem ter outra alternativa, ela volta à vida de modelo e a do famoso book rosa. Enquanto isso, Giovanna contrata Cristiano, um detetive particular para descobrir o verdadeiro fim de seu pai, o milionário Alex (Rodrigo Lombardi).

Walcyr Carrasco nos presenteia com um texto incrível, repleto de criticas sociais e trazendo o melhor da teledramaturgia brasileira com cenas de tensão, drama, intrigas, suspense e pegação. Logo no primeiro capítulo já somos surpreendidos com uma cena pra lá de picante entre Giovanna e o esbelto Cristiano. O texto de Carrasco, como sempre, inebriante e complacente. 

A atuação do elenco de maneira geral é surpreendente e digno de prêmio. Uma entrega sensacional que é capaz de trazer o famoso ‘vício’ na história. Mesmo com cenas dificeis de serem gravadas, tal obstaculo passa despercebido. É claro que isso também se dá pela direção impecável de Amora Mautner que detalhista como sempre, não economizou nos elementos externos para aprimorar a cena e trazer mais do que sexo, mas experiência. 

A primeira novela de streaming da Globo pode se dizer um sucesso so com o primeiro capítulo que já trouxe com força o que uma boa novela precisa ter: Muita intriga, reviravolta, suspense, pitadas de comedia com o a cereja do bolo sendo a sensualidade e o sexo. 

A estética é simplesmente perfeita com elementos difusos que acabam se misturando e enriquecendo todo o contexto da encenação. Desde o cenário, iluminação até a inebriante fotografia, que além de se adaptar facilmente ao texto, transporta o telespectador para a ótica de ‘home’. Passagens de drones entre um prédio e outro que leva à cena para dentro das janelas dos ambientes em que tudo acontece trazem à tona as verdades secretas de cada brasileiro. Mais uma vez, Walcyr Carrasco e seu grande time de talentos consegue trazer de maneira cativante, verossímil, natural e hipnotizante, a realidade brasileira.

Igor Horbach

É autor, ator, dramaturgo e produtor brasileiro. Nascido em Tangará da Serra – MT, publicou seu primeiro livro aos 14 anos e o segundo aos 16. Em 2017 se mudou para Curitiba onde iniciou sua carreira de ator, produtor e dramaturgo. Em 2019, produziu e dirigiu a serie Dislike. Em 2020 publicou seu drama de estreia, Cartas para Jack. Em 2021 lançou a série de contos intitulada Projeto Insônia.

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios