Teatro

Nunca é tarde para ver os Parlapatões

Por Vanessa R Ricardo e Assessoria de Imprensa

O grupo paulistano Parlapatões foi criado em 1991, como um grupo de teatro de rua,  que com humor e com linguagem circense passavam o chapéu ao fim de cada apresentação. Desde seu início, o grupo tinha como objetivo, ocupar as ruas da capital paulistana,  levando arte e movimentando a cena cultural da cidade.

E o grupo, hoje com 31 anos de existência, volta ao Festival de Teatro de Curitiba, com três espetáculos, que fazem parte do repertório do Grupo. Prego da Testa, peça solo de Hugo Possolo baseado na performance do ator e dramaturgo americano Eric Bogosian. O texto apresentado no Festival nos dias 29 e 30 de março, expõe o ridículo das neurose urbana, trazendo ao palco a realidade brasileira.

Nos dias 31 de março e 1º de abril o grupo apresenta no Teatro Sesc da Esquina o espetáculo PPP@wilmshkspr, o Shakespeare “abreviado”, versão brasileira de The Complet Works of Willian  Shakespeare, do americano Adam Long. A peça traz em 99 minutos cravados uma sátira totalmente estruturada com três atores no palco, representando  12 principais personagens da obra de Shakespeare.

Para encerra a participação do grupo no Festival, dias 2 e 3 de abril os Parlapatões, encenam o espetáculo Universo Angeli, um dos seus maiores projetos, onde realizaram uma ampla pesquisa sobre a obra do cartunista. Trazem através da tecnologia e muito rock n´roll grandes personagens de Angeli, como Rê Bordosa, Bob Cuspe  e Os Skrotinhos.

Confira a entrevista com   Hugo Possolo e Raul Barreto

Raul Barreto

 

Sobre o autor

Vanessa Ricetti Ricardo, jornalista e assessora de imprensa, pós graduada em cinema, desde o início de sua carreira se dedica ao jornalismo cultural. Trabalha como repórter em rádio. Criou em 2013 o Jornal A Cena, onde divulga a arte e a cultura realizada no país.
Posts relacionados
Teatro

Em seu 20º aniversário o Grupo Obragem de Teatro apresenta métodos artísticos em Websérie

Teatro

Cancelamento de vôo adia musical One Night Of Tina em Curitiba

Teatro

''MARIAS: História de Pomba Giras'', o novo curta-metragem da CIA KÀ trás a contemporaneidade brutal do século 21

Teatro

Neste fim de semana te contos no Guairinha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.