Espetáculo “Leocádio, a vida continua…” reestreia dia 6 de junho

Caráter, amor e espírito público compõem a alma do enredo, que traz personagens históricos paranaenses, como Leocádio José Correia, Barão do Serro Azul e Visconde de Nacar

O Teatro Enio Carvalho (TEC), em Curitiba, recebe a partir do dia 6 de junho a 7.ª temporada do espetáculo “Leocádio, a vida continua…”. A peça fica em cartaz até o dia 23 de junho. Com direção de Enio Carvalho e texto de Margareth Bernardon, o espetáculo traz em destaque a vida e obra do médico de Paranaguá (litoral paranaense) Leocádio José Correia, que viveu no século 19, construindo parte fundamental da história do Paraná.

A história de Leocádio retrata uma época de homens e mulheres muito fortes, que mudaram o sentido da história. Dentre eles: Barão do Serro Azul, Visconde de Nacar, Ermelino de Leão, Euphrásio Correia e a artista Iria Correia. Essas personalidades expressaram sua força sempre em prol do valor do ser humano. Participaram ativamente no meio político, educacional, social e cultural.

Junto com o grande valor histórico, Enio conta que a 7.ª temporada traz uma visão transcendental da vida, integrada ao sentido dramático e histórico registrado por Valério Hoerner Júnior, autor do livro “A Vida do Dr. Leocádio”. “O espetáculo reúne respeito, homenagem e biografia, apresentando uma saga e evolução espiritual que é mostrada continuamente em todos os momentos da vida de Leocádio”, revela o diretor da peça.

A história de Leocádio retrata uma época de homens e mulheres muito fortes, que mudaram o sentido da história. Dentre eles: Barão do Serro Azul, Visconde de Nacar, Ermelino de Leão, Euphrásio Correia e a artista Iria Correia. Essas personalidades expressaram sua força sempre em prol do valor do ser humano. Participaram ativamente no meio político, educacional, social e cultural.

Paranaguá guarda em sua memória a força da atitude profissional e humanitária de Leocádio. Respeitado e amado médico, ajudou a escrever a história do Paraná provincial, na segunda metade do século 19. Além de médico, foi também ator, escritor, jornalista e político.

O médico desencarnou com 38 anos no dia 18 de maio de 1886. E logo após – em pouco menos de dois anos -, começou a se manifestar espiritualmente; primeiro, no litoral do Estado de Santa Catarina; posteriormente, no Estado do Paraná, fazendo um trabalho fraterno de atendimento às pessoas e de divulgação da mensagem Cristã, à luz da Doutrina dos Espíritos.

Novidades

A nova temporada do espetáculo promete novidades. Pouco antes da apresentação serão feitas duas homenagens com a inauguração do Palco Paulo Friebe e da Biblioteca Maury Rodrigues da Cruz. E a reestreia ainda conta com novas interpretações. O ator Carlos Valente protagoniza o médico e Enio Carvalho e Jane Martins Távora vivem os pais de Leocádio.

O ator Carlos Valente antecipa que a interpretação que construiu é diferente da realizada até a 6.ª temporada. Ele destaca que o público conhecerá “não apenas um homem extraordinário, mas um ser humano que sofre, que erra, que vive, que se diverte e principalmente alguém de grande alegria, bondade e astúcia”.

O ator Lauro Martins, que interpreta o Barão do Serro Azul e participa do grupo desde a primeira temporada, destaca a importância histórica desse trabalho cênico. “A peça faz um resgate de um período fundamental, no qual temos homens e mulheres de caráter muito forte, que construíram o Estado politicamente e socialmente”.

E, apesar da natureza histórica, a peça alcança ainda um caráter atual, explica Margareth Bernardon, roteirista do espetáculo. “O texto foi adaptado e construído compondo uma síntese do pensamento e sentimento do Dr. Leocádio”. O roteiro conta também com um trecho real de um dos discursos do médico.

Muito além de 7 temporadas

Tudo começou na década de 1990, quando Enio Carvalho convidou Margareth Bernardon para fazer parte do Grupo de Estudo e Pesquisa Cênica (GEPEC) e compor o primeiro roteiro que daria vida ao espetáculo “Cenas de uma vida”, contando a infância e a juventude do médico Leocádio José Correia, em 1999.

Em 2004, foi feito o texto da peça “Dr. Leocádio, um homem de bem”, apresentando a vida adulta do médico. Mas a peça não se concretizou pois o GEPEC se desfez. Mais tarde, com a criação do Grupo Espaço, Margareth aproveitou os elementos das duas peças, além das indicações do diretor, bem como pesquisa atenta à vida e obra do médico Leocádio José Correia, principalmente com base na obra biográfica de Valério Hoerner Júnior, dando origem à peça “Leocádio, a vida continua”.

SERVIÇO

Leocádio, a vida continua…

Quando: 6 a 23 de junho

Quinta-feira (20h): 6 (estreia da temporada).

Sexta-feira (20h): 7 – 14

Sábado (20h): 8 – 15 – 22

Domingo (19h): 9 – 16 – 23

Onde: TEC – Teatro Enio Carvalho (Rua Mateus Leme, 990 – Centro Cívico, Curitiba – PR)

Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada).

Classificação etária: a partir de 12 anos

Elenco

Adriana Silva – Tia Cândida, Narrador

Carlos Daitschman – Ermelino de Leão

Carlos Valente – Leocádio José Correia

Enio Carvalho – Manoel Correia, Maneco

Gilka Correia – Leocádia, Maria Bárbara

Jane Martins Távora – Gertrudes Correia

Lauro Martins – Estudante, Paciente, Idelfonso Correia, Admirador

Luiz Carlos Montibeller – Estudante, Cônego, Visconde de Nácar

Mateus Dal Ponte Toigo – Palhaço Batatinha, Juca, Cesário

Matheus Martini – Palhaço Polidoro, Freitas, Narrador

Pollyana Giese – Clara, Faustina, Nhá Coca

Rosana Pesch – Iria Correia

Simone Fiechter – Carmela Augusta Cysneiro

Taylon Nizer – Palhaço Linguição, Astolfo, Amorim, Euphrásio Correia

Ficha técnica

Texto – Margareth Bernardon

Direção – Enio Carvalho

Realização – Teatro Enio Carvalho

Projeto de Iluminação – Nadia Luciani

Operador de luz – Taynara Siqueira

Operador de som – Franco Wigg

Ensaio no TEC: dia 5 de junho, a partir das 18h30 (os atores estarão disponíveis para entrevista)

Crédito foto: Divulgação

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios