Pão de Açúcar by trekking cultural

 

Qualquer atividade no Rio pode virar cultural. Em uma visita a cidade maravilhosa, provavelmente irá querer conhecer um dos cartões postais mais famosos e visitados do mundo: o Morro do Pão de Açúcar. E com certeza você pensará em subir ele pelo Bondinho do Pão de Açúcar. Mas é possível acessá-lo por uma trilha, e sem pagar a entrada!

Localizado no tradicional bairro da Urca, o Complexo do Pão de Açúcar é considerado um bem tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 1973, pela sua importância na composição da paisagem cultural do Rio de Janeiro. O Morro da Urca, onde há a Trilha do Morro da Urca, considerada para todas as idades e de nível leve, e faz parte do esporão sul da barra da Baía de Guanabara, também emblemática na cidade maravilhosa. O acesso a trilha se dá pela Pista Cláudio Coutinho, na Praia Vermelha.

Durante a subida de mais ou menos 40 minutos, entre trechos  íngremes e planos, você terá acesso a experiências maravilhosas: vista para essa  Praia Vermelha, mico leão passando na sua frente  pela mata atlântica que fica no seu caminho e, lá em cima, vista panorâmica e deslumbrante panorama da Baía de Guanabara – da Enseada de Botafogo ao Aterro do Flamengo, praias da Zona Sul até o Centro, Aeroporto Santos Dumont, Ilha do Governador e até parte de Niterói. O resto, tudo fica por conta do azul do céu e do mar. 

Além de tirar muitas fotos lindas, lá em cima também tem coisas muito legais para se aproveitar: até fazer tatuagem é possível, acredita? Além das experiências gastronômicas como um café da manhã, um almoço ou mesmo um simples sorvete ou café expresso, com uma vista de tirar o fôlego – ou melhor, recuperá-lo!

Essa é uma forma de visitar esse apreciado ponto pela primeira ou mais uma vez,  de uma maneira totalmente diferente! 

Tags

Bianca Nascimento

Bianca Nascimento Jornalista, atriz, nômade. Bianca Nascimento esteve à frente da assessoria de imprensa de projetos culturais e políticos. Sua alma nômade já a levou a morar 211 dias África do Sul, onde trabalhou na área de intercâmbio. Há mais de mil dias mora no Rio de Janeiro, onde já se aventura como atriz. E também de lá compartilha no Jornal A Cena as novidades da cena cultural e lifestyle (turismo, comportamento, gastronomia, moda) da cidade maravilhosa.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios