Janine Mathias apresenta “Dendê”

Composto por 10 faixas, álbum solo da cantora tem participação de Rincon Sapiência e integra canções de Leandro Lehart, Martinho da Vila, Tássia Reis e Val Andrade, além de composições próprias.

Janine Mathias  promete temperar corações no show “Dendê”. “Esse trabalho é fruto da minha trajetória. Musicalmente é o que em mim tudo tempera. É o óleo que azeita, fortifica, unta, apazigua e ganha outras formas, usos e significados”, ressalta a cantora.
Produzido por Eduardo Brechó, do Aláfia, em parceria com Renato Parmi, álbum tem o peso do rap e a leveza melódica do samba, incorporando, entre a roupagem clássica dos arranjos, elementos eletrônicos.
Já na abertura, “Pérola Negra”, de Val Andrade, canta a autoestima da mulher negra e representa a questão mais poderosa da ancestralidade. “O objetivo é transformar, para melhor, a vida de quem ouve, nós mulheres negras aprendemos muito depois o valor de nossa existência, auto estima e importância social”.
Em seguida, a faixa-título, “Dendê”, tem participação de Rincon Sapiência, que também assina a letra em parceria com Eduardo Brechó e a própria artista.  “Tanto Faz”, Janine aquece o coração e comemora a alegria de ser a primeira a gravar uma música composta por Tássia Reis.
“Na Consolação”, feita em parceria com Lucas Trigueiro, surgiu há cinco anos. “Desejei muitas coisas para essa track que tem rap e samba na veia. O final “sambei na avenida / cantei toda essa trilha / na consolação vivo e não sofro” cômpus para Elza Soares”, comenta.
“Bom Dia”, “Já foi”, “Rumores” ,”Semba dos Ancestrais” regravação de Martinho da Vila. “Maracatu do Meu Avô”, de Nei Lopes e Leonardo Bruno, é uma homenagem que envolve muita conexão é para a intérprete uma imensidão de bons sentimentos em homenagem ao seu avô.
Com os versos que não pedem licença para continuar, a ousada “Deixa Eu Ir á Luta”, do Leandro Lehart, encerra o disco. “Sambamos muito. Agora, vamos bater cabelo na boate com essa Art Popular. .
Janine Mathias, Brasilense radicada, desde 2009, em Curitiba, desenha, em “Dendê” o retrato da música popular brasileira contemporânea.
Janine Mathias, nascida na periferia do Distrito Federal- Brasília radicada em Curitiba desde 2009, tem em seu histórico o RAP como lugar de fala e expressão de seu caminhar. Dendê é o resultado dessa vivência intensa com a ancestralidade e os ritmos advindos do samba, hip hop e da música negra em geral. Em suas parcerias de vida Janine Mathias se encontra com: Cortejo Afro, Karol Conka, Pianista Rodrigo Henrique, As Bahias e a Cozinha Mineira, Iria Braga, Sandra de Sá, Cida Airam, Criolo, Tássia Reis,Preta Rara, Leen da Quebrada, Os Encantados, DJ Caê, Rodrigo Marques, Rúbia Divino, Karla da Silva, Mãe Orminda, Bernardo Bravo, Rincon Sapiência, Iria Braga, Michele Mara, Bia Ferreira, Luedji Luna, Mulamba, Léo Fé, Paranambuco, Akua Naru, Jonas Ferrer, Toninho Gerais, Samba Do Compositor Paranaense, Elza Soares, Dow Raiz, Tuyo, DJ Marco, DJ Vivian Marques, Val Andrade, DJ Nyac, DJ Donna, Comando Selva, Flora Matos, Afrorraga, Antiéticos e tantos caminhos que a fazem ser reconhecida pela sua versatilidade musical.
Desde 2009, em Curitiba onde começou profissionalmente seu trabalho,cantora e compositora em 2009 gravou o refrão de RAP que mudou a sua vida e lhe rendeu o “EP Eu Quero Mergulhar” lançado em 2012 pela Track Cheio em Curitiba o trabalho inseriu a cantora em participações e shows, em 2011 idealizou, atuou e cantou em uma Homenagem para Elza Soares que lhe rendeu em 2013 a abertura do show de sua musa inspiradora. Idealizou em 2014 o projeto itinerante Samba da Nega onde a cantora faz do samba sua celebração e resgate ancestral unindo artistas em cada edição fortalecendo sua história . Em 2018 lançou seu primeiro disco com apoio colaborativo intitulado: “Dendê” com produção musical de Eduardo Brechó e Renato Parmi o disco desenha o retrato da Música Preta Brasileira contemporânea e tem destacado nacionalmente seu trabalho.
Serviço:
Show da cantora e compositora Janine Mathias apresentando seu disco
Dendê com DJ Morenno Mongelos .
Data: 07/03. Horário: 17 ás 18hs na Sala de Atos.
INGRESSOS À VENDA NO LOCAL: 10 reais inteira, 5 reais meia entrada.
Onde: Sesc Paço da Liberdade
Crédito foto: Renato Nascimento.
Arte: Henrique Assis/ Colletivo Design.
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios