Documentário no Youtube retratará vida e obra de Waltel Branco

Músico ganhou destaque pela atuação em arranjos e temas musicais de novelas clássicas da Rede Globo e participação na MPB, Bossa Nova e trilha sonora do filme Pantera Cor de Rosa

Um dos grandes nomes da música paranaense, Waltel Branco, terá sua vida e obra retratadas em um documentário a ser lançado na próxima sexta-feira (3), no Youtube, com reprises nos dias 5 e 9 de setembro. Falecido em 2018 aos 89 anos, o artista deixou uma grandiosa obra para a cultura popular e que será relembrada no projeto “Waltel Branco O Maestro”. O documentário foi feito com parceria entre o produtor cultural Gil Rhodrigues (produção e direção), com o produtor de cinema Max Olsen (co-direção), somados ao talento da cineasta Helen Bastos (direção artística), e que só foi possível graças a Lei Municipal de Incentivo à Cultura, da Fundação Cultural de Curitiba.

O documentário teve como base uma ampla pesquisa sobre a vida desse compositor, regente e diretor musical que ganhou destaque pela atuação em arranjos e temas musicais de novelas clássicas entre 1965 até meados dos anos 80, bem como pela colaboração em discos históricos da MPB e na criação da Bossa Nova. Artistas como Dorival Caymmi, Flora Purim, Maria Creuza, Vanusa, Zé Kéti, Pery Ribeiro, Carlinhos Vergueiro, Sérgio Ricardo, Toni Tornado, Jane Duboc, Elis Regina e Tim Maia contaram com o talento desse arranjador em suas produções musicais.

O documentário tem duração de 40 minutos e parte dele será dedicado à releitura de uma entrevista concedida por Branco ao cineasta Max Selmo Olsen, em que na ocasião, compartilhou da experiência sobre os trabalhos realizados no Rio de Janeiro, incluindo sua passagem pela Rede Globo e o processo de colaboração na trilha sonora cômica do filme Pantera Cor de Rosa.

O fio condutor da obra será da trajetória artística de Waltel Branco no Paraná, trazendo além de trechos da entrevista, a fala de seus parceiros na música como alunos, músicos, entre outros personagens que participaram da vida desse saudoso artista considerado um dos mais importantes não só para a cultura paranaense, mas também brasileira.

Conforme já adiantado pela produção do documentário, parte do material a ser exibido é inédito, com recortes de imagens originais. “O projeto irá colaborar para o patrimônio artístico cultural não só brasileiro, mas também paranaense, pois é esse artista também figurou em diversos projetos internacionais em Cuba e nos Estados Unidos. Homem simples e ao mesmo tempo um grande artista de alma sensível”, afirma o diretor Gil Rhodrigues.

Além da participação direta nessa obra de Waltel Branco, Gil Rhodrigues já contribuiu para outras produções de patrimônio imaterial como “Mães de Santo” e “Dona Mide – Mulher de Fibra do Fandango Paranaense”, essa última lançada recentemente e que teve como personagem principal Clemildes Ferreira Bhar, a “Dona Mide”. Amiga próxima de Waltel, a própria “Dona Mide” aceitou o convite para participar da nova produção e vai falar das diversas vezes que acolheu o músico em sua casa quando ele ainda estava morando em Curitiba.

Homenagens

Em 1997 Waltel Branco recebeu homenagem da Orquestra a Base de Sopros, que lhe dedicou um CD inteiro. Outro álbum em sua homenagem foi “Tributo a Waltel Branco”, lançado pelo violonista Cláudio Menandro. Em 2001, o Maestro assumiu a regência da OSPG – Orquestra Sinfônica de Ponta Grossa/PR, para a qual musicou o poema “Os Poentes Da Minha Terra” de Anita Philipovsky. Em 2004 Waltel Branco foi eleito presidente do Fórum de Música do Paraná, engajando-se na defesa da música brasileira junto às esferas públicas como Câmara Setorial de Música do Ministério da Cultura e da Conferência Nacional de Cultura. Ainda em 2004, o músico foi destacado no livro A[des]construção da Música na Cultura Paranaense, de Manoel J. de Souza Neto, o que resultou em uma série de homenagens ao mestre, que constantemente foi chamado para receber comendas, ou proferir palestras, entrevistas e participar de eventos acadêmicos onde dividiu seus conhecimentos.

Serviço:

O que: Documentário Waltel Branco O Maestro

Quando: sexta-feira (3) às 20h (Estreia) / Reprises no domingo (5) e quinta-feira (9), no mesmo horário.

Onde: No youtube, no canal Max Olsen, no link: https://www.youtube.com/watch?v=XX0nvTTygIc

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fechar
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios