Vocal Brasileirão se apresenta nesta sexta e sábado com o músico Sérgio Santos

O Vocal Brasileirão divide o palco com o violonista, cantor e compositor Sérgio Santos (MG).  O repertório abrange boa parte da discografia do compositor, contemplando suas diversas facetas, de forte inspiração nas musicalidades mineira e afro-brasileira. Com regência e direção artística de Vicente Ribeiro as apresentações acontecem nesta sexta-feira (3/5) e sábado (4/5), às 20h, no Teatro do Sesc da Esquina.

Esse é o segundo encontro do Brasileirão com o músico, também parceiro em diversas composições de Paulo César Pinheiro, Dori Caymmi e Edu Lobo. Em janeiro deste ano, durante a Oficina de Música, as apresentações amadureceram essa ligação. Entre as composições de destaque apresentadas estão: Litoral e interior, Margem derradeira, Lá vem chuva e Samba pra Mangueira.

Convidado

O compositor, cantor, violonista e arranjador Sérgio Santos começou sua carreira em 1982, participando do espetáculo Missa dos Quilombos, de Milton Nascimento. Em 1991 inicia uma parceria com Paulo César Pinheiro, um dos maiores poetas da história da música brasileira, com quem compôs um conjunto de mais de 300 composições.

Tem oito CDs gravados, lançados por gravadoras brasileiras, americanas e japonesas, tendo “Áfrico” sido eleito o melhor CD de 2002 (Prémio Rival BR) e “Litoral e Interior” sido indicado ao Grammy Latino em 2010.

Serviço:
Vocal Brasileirão convida Sérgio Santos

Datas: 03 e 04 maio
Horário: 20h
Ingressos: R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia)
Local: Sesc da Esquina (Rua Visconde do Rio Branco, 969)
Ingressos: www.aloingresso.com.br ou na bilheteria da Capela Santa Maria

 

Vocal Brasileirão

O Vocal Brasileirão foi criado e idealizado pelo regente e arranjador Marcos Leite (1953-2002), que esteve à frente do grupo no período de 1995 a 2001. No período de 2002 a 2005 foi conduzido por Reginaldo Nascimento e desde 2006 conta com a direção artística de Vicente Ribeiro. Todos os cantores do Vocal Brasileirão são solistas; desta maneira, o público tem a oportunidade de ouvir não somente o resultado do conjunto de vozes, mas também os timbres particulares de cada um de seus integrantes. Em um extenso repertório acumulado ao longo de mais de 20 anos, há canções de Ary Barroso, Baden Powell, Caetano Veloso, Chico Buarque, Dorival Caymmi, Edu Lobo, Gilberto Gil, Guinga, Ivan Lins, Joyce Moreno, Milton Nascimento, Noel Rosa, Sergio Santos, Tom Jobim e Zé Rodrix.

Dentre dezenas de espetáculos realizados, destacam-se “Coisas nossas”, “Como uma onda”, “Duetos”, “Bastidores”, “Eu canto samba”, “Estandartes do Contestado”, “Brasileirão 20 anos” e “Brasil Gongá” e “Antonio Brasileiro”. O grupo recebeu por três vezes consecutivas (1997, 1998, 1999) e ainda em 2002, o prêmio “Saul Trumpet” como Melhor Grupo Vocal do Estado do Paraná. A partir de 2006, sob a direção de Vicente Ribeiro, o grupo passou a dedicar-se paralelamente à montagem de shows com convidados especiais, tendo dividido o palco com grupos e artistas como Boca Livre, Folia de 3, Ivan Lins, Jane Duboc, Joyce Moreno, Quarteto em Cy, Romário Borelli, Sá & Guarabyra e Zé Luiz Mazziotti.

Em 2008, o Vocal Brasileirão gravou seu primeiro CD solo, “Invisível Cordão”, dedicado à obra de Chico Buarque e Edu Lobo. Com um som personalizado e envolvente, já conquistou um lugar de destaque na vida cultural de Curitiba, combinando originalidade e alegria para obter um resultado sem similar.

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios