Cia Senhas estreia o espetáculo SÌNCOPE durante a MOSTRA MOVE

No próximo sábado, dia 14, é a vez da Cia Senhas estrear na III Mostra MOVE de teatro. SÍNCOPE é a primeira peça online do grupo, que é referência no trabalho de pesquisa da encenação teatral. Trata-se de um espetáculo cênico-manifesto e de uma comemoração ácida, um grito de socorro que ecoa de 1918 em direção ao coração de 2020, um aceno para o futuro.

Em cena uma atriz e um ator reverberam vozes do passado que se misturam com vozes do presente para evocar memórias. Segundo o grupo, o ponto de partida para a reflexão é a sociedade contemporânea: “A peça tem dois temas principais que se sobrepõem: a pandemia em diferentes momentos (1918 e 2020) e a urgência de tomarmos uma atitude diante do risco de falência da nossa civilização”, afirmam os artistas. 

Sobre apresentar online, o grupo afirma que o novo formato é uma provocação que movimenta: “A câmera tornou-se uma parceira do processo de criação e nos mostrou outras ferramentas de relação com o espectador. Tivemos que reposicionar estratégias de jogo entre os atores, rever as dinâmicas de tempo e de espaço e repensar a relação com o público a partir da lente da câmera”. 

SÍNCOPE participa da III Mostra Move – Grupos de Teatro, promovida pelo Grupo Obragem com estreia prevista para dia 14/11 às 20h pelo canal do youtube da Mostra Move. A entrevista da CiaSenhas vai ao ar no dia 13/11 pelo mesmo canal.

A 3ª MOSTRA MOVE – grupos de teatro é um projeto realizado com o apoio do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba, com incentivo do EBANX.

SINOPSE 

Uma atriz e um ator.

As comemorações de final de ano se aproximam.

As dores mais recentes se sobrepõem a outras ainda não cicatrizadas.

A peste. Não a de agora, mas também…

1918, duas enfermeiras dão conta de um hospital lotado enquanto são solicitadas para atender uma menina de 10 anos (VIOLADA), não a de agora, mas também…

FICHA TÉCNICA 

Uma criação compartilhada da CiaSenhas de Teatro

Dramaturgia e Direção – Sueli Araujo

Atuação – Ciliane Vendruscolo e Luiz Bertazzo

Assistente de direção – Anne Celli

Colaboração artística – Greice Barros

Sonoplastia – Ary Giordani

Iluminação – Wagner Corrêa

Figurino – Amabilis de Jesus

Cenário – Paulo Vinícius

Câmera – Lídia Ueta

Produção – Marcia Moraes e Edran Mariano

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios